You are on page 1of 1

Exma.

Senhora Ministra da Educação


Exmo. Senhor Primeiro-Ministro
Exmo. Senhor Presidente da Assembleia da República

Com conhecimento ao Exmo. Senhor Presidente da República


Com conhecimento aos Exmos. Membros do Conselho Científico para a Avaliação
Docente
Com conhecimento aos Grupos Parlamentares da Assembleia da República
Com conhecimento à Exma. Senhora Directora Regional de Educação do Centro
Com conhecimento ao Exmo. Senhor Presidente do Agrupamento de Escolas Finisterra
Com conhecimento aos Exmos. Senhores Responsáveis da Plataforma Sindical

Os professores do Agrupamento de Escolas Finisterra (que integra os seguintes


estabelecimentos de ensino público: 4 Jardins de Infância, 9 Escolas do 1º CEB e 1
Escola do 2º e 3º CEB) abaixo assinados, reunidos no dia 13 de Janeiro de 2009
consideram que as condições objectivas para a aplicação do modelo de avaliação do
desempenho, mesmo que simplificado, pelo Decreto Regulamentar 1-A/2009 de 1 de
Janeiro, não se alteraram. Assim, em conformidade com posições anteriormente
assumidas (18 de Novembro de 2008), reiteram a decisão de suspensão desta
avaliação, pelo que se propõe:

• manter a luta contra a viabilização deste modelo de avaliação do desempenho,


que consideram prejudicial para o processo de ensino, para as aprendizagens e para
a supressão das dificuldades inerentes ao próprio processo educativo, sobre as
quais a avaliação do desempenho deve, também incidir;

• manter a disponibilidade para continuar a luta por um ECD que dignifique e


valorize a profissão docente, concretamente pela extinção da divisão artificial da
carreira docente em professores e titulares, por esta constituir uma fractura que
descredibiliza o próprio estatuto profissional e a função docente.

Febres, 13 de Janeiro de 2009

Os docentes abaixo assinados: