You are on page 1of 1

[Resposta] A palavra que pode ser um pronome (interrogativo ou relativo), um advrbio, uma preposio, uma conjuno (coordenativa ou subordinativa)

ou uma partcula de realce ou expletiva A sua utili!ao precedida ou seguida de vrgula depende no s" da sua nature!a mor#ol"gica como da construo #r$sica em causa, pelo que, para a esclarecer, o mel%or talve! seja enviar&nos uma #rase a respeito da qual ten%a d'vidas (o sendo exaustiva, re#iro, no entanto, que) * +omo pronome relativo, o que precedido de vrgula, quando inicia ora,es explicativas -x ) -le, que tem a mania que percebe tudo, no estava, a#inal, a ver bem a situao . +omo conjuno explicativa ou causal, sempre precedido de vrgula -x ) (o te distraias, que podes ter um acidente / +omo conjuno consecutiva, tambm precedido de vrgula -x ) -le #alou tanto, tanto, que #ic$mos cansados de o ouvir 0 (a generalidade das outras situa,es, no precedido de vrgula +%amo especialmente a ateno para o que como conjuno subordinativa integrante, que nunca deve ser precedido de vrgula, porque a orao que inicia parte integrante da anterior -x ) 1ueria que esclarecesses tudo 2 (aturalmente que, na situao anterior, o que pode ter uma vrgula a preced3& lo, se ela estiver a assinalar uma expresso circunstancial de qualquer nature!a, uma orao, etc -x ) 1uero, diga ele o que diga, que esclareas tudo 4 -m qualquer das situa,es anteriores, pode ser colocada uma vrgula depois do que, quando se l%e segue um sintagma explicativo, circunstancial, uma orao, etc -x ) 5enso que, quaisquer que sejam as circunst6ncias, o deves ouvir com ateno 7 8epare, no entanto, que, na situao anterior, como essa vrgula indica a introduo de algo adjacente, dever$ ser utili!ada uma outra vrgula a indicar o #im do sintagma introdu!ido e a continuao da orao iniciada pelo que