You are on page 1of 35

Seminário em Computação IV

Subversion – Uso Básico

Bernadete, Edmilson e Lucas


CICLO BÁSICO DE TRABALHO
 As tarefas mais comuns realizadas na utilização do
Subversion são:
 Criar e colocar dados no repositório;
 Criar uma cópia de trabalho;
 Atualizar uma cópia de trabalho;
 Fazer alterações em uma cópia de trabalho;
 Verificar alterações;
 Desfazer alterações;
 Resolver conflitos;
 Registrar as alterações;
 Examinar o histórico.
CRIANDO E COLOCANDO DADOS NO
REPOSITÓRIO
 O primeiro passo é criar um repositório Subversion e colocar
novos arquivos nele.
Create Repository

Para criar um
repositório, clique
com o botão direito
na pasta desejada e
escolha “Create
repository here”
Import

Copia uma árvore


de arquivos não
versionada para o
repositório, criando
diretórios
intermediários
quando necessário.

Não cria um cópia


de trabalho, para
isso usa-se
Checkout.
Add
Ao criar novos
arquivos ou
diretórios na cópia de
trabalho, é preciso
adicioná-los ao
controle de versão.
Para isso usa-se Add.

Feito isso, o arquivo


fica marcado como
adicionado e será
incorporado ao
repositório no
próximo Commit.
CRIANDO SUA CÓPIA DE TRABALHO
 Na maioria das vezes, você começa a usar um repositório
Subversion fazendo um checkout de seu projeto.
Checkout

Cria uma cópia de


trabalho do
repositório.

Contém o HEAD
(revisão mais
recente) do
repositório
Subversion.
ATUALIZANDO SUA CÓPIA DE
TRABALHO
 Ao trabalhar num projeto em equipe, você vai querer atualizar
sua cópia de trabalho para receber quaisquer alterações feitas
por outros desenvolvedores do projeto desde sua última
atualização.
Update

Deixa a sua cópia de


trabalho em
sincronia com a
última revisão do
repositório.

Modificações feitas
por outros usuário
ficarão visíveis após
um Update.
FAZENDO ALTERAÇÕES NA CÓPIA DE
TRABALHO
 Há dois tipos de alterações que você pode fazer em sua cópia
de trabalho: alterações nos arquivos e alterações na árvore.
 O Tortoise irá detectar a alteração e marcá-la com um círculo
vermelho e uma exclamação.
Delete
Agenda o arquivo,
diretório, ou link
para ser excluído do
repositório.

Se for um arquivo
ou link, ele é
imediatamente
removido de sua
cópia de trabalho. Se
for um diretório o
Subversion o deixa
agendado para
exclusão.
Paste

Para mover ou copiar


um arquivo ou
diretório pode-se usar
o mover/copiar do
Windows.

Mas é preciso usar o


Paste do Tortoise para
que o Subversion saiba
da alteração.
Rename

Para renomear um
arquivo ou diretório é
preciso usar o Rename
do Tortoise.
VERIFICANDO SUAS ALTERAÇÕES
 Antes de dar o Commit, é uma boa idéia conferir exatamente
que alterações você fez, pois:
 Você pode criar uma mensagem de log bem mais adequada.
 Você pode descobrir se não modificou um arquivo inadvertidamente.
Status

Usado para
obter uma visão
geral de suas
alterações.
Status
No Tortoise pode ser
visto também na tela de
Commit.
Diff

Usado para
examinar os
detalhes de suas
alterações locais
Diff

No formato diff
unificado linhas
removidas são iniciadas
com - e linhas
adicionadas com +
DESFAZENDO MODIFICAÇÕES DE
TRABALHO
 Suponha que você decida que todas as modificações que você
fez em um certo arquivo foram equivocadas.
 Talvez você não tivesse que ter modificado o arquivo como um todo
 Talvez você veja que acabará sendo mais fácil fazer outras modificações
começando tudo de novo.
Revert

Reverte o arquivo para


seu estado antes da
alteração e desfaz
quaisquer operações
agendadas.
RESOLVENDO CONFLITOS
 Conflitos ocorrem quando as modificações do servidor se
sobrepõem com as suas próprias e você precisa escolher
entre elas.
Aviso

O Subversion
sempre avisa quando
algum arquivo está
num estado de
conflito.
Arquivos Extras

Para cada arquivo em


conflito, o Subversion
mantém três
arquivos extras não-
versionados em sua
cópia de trabalho.
Resolve Conflict

Você pode resolver


os conflitos usando o
seu arquivo ou
usando o arquivo do
repositório.
Edit Conflicts

Você pode usar a


ferramenta
interativa de merge
para examinar e
editar o arquivo.
Editando na mão

Você pode editar os


conflitos na mão.

O Subversion põe
marcações de conflito
dentro do arquivo para
mostrar as áreas de
sobreposição.

Se você quizer descartar


suas modificações, você
pode copiar um dos
arquivos temporários
em cima do arquivo de
sua cópia de trabalho.
Resolve
Uma vez que você
tenha resolvido o
conflito, você precisa
informar isto ao
Subversion executando
o resolved.

Isso remove os três


arquivos temporários e
o Subversion não mais
considera o arquivo
como estando em
conflito.
Usando o Revert
Se você tiver um conflito e
decidir que prefere descartar
suas alterações e começar
a editar outras coisas, apenas
reverta suas alterações usando o
Revert.
REGISTRANDO SUAS ALTERAÇÕES
 Quando suas alterações estiverem concluídas e examinadas,
você está pronto para registrá-las no repositório.
Commit
Envia todas as
modificações
para o servidor.
EXAMINANDO O HISTÓRICO
 O seu repositório Subversion mantém um registro de cada
modificação submetida, e permite a você explorar este
histórico examinando versões anteriores de seus arquivos e
diretórios bem como os metadados a eles relacionados.
Show log
Apresenta informações
acerca de um arquivo
ou diretório.
Repo-browser
Possibilita visualizar
várias revisões de
arquivos e diretórios
sem precisar mexer nas
alterações que estiver
fazendo na cópia de
trabalho.
CONCLUSÃO
 Através da utilização dos recursos e comandos apresentados é
possível realizar as tarefas necessárias para usar Subversion em
um dia normal de trabalho.
 De uma maneira geral, podemos resumir essas tarefas e
comandos em: Atualizar cópia de trabalho (update), Fazer
alterações (add, delete, rename, paste), Verificar alterações
(status, diff), Desfazer alterações (revert), Resolver conflitos
(resolve, resolved), Submeter alterações (commit) e Examinar
Histórico (show log).