You are on page 1of 1

Quando a expectativa no realizada, a dor conduz frustrao e ao dio.

Quando a
expectativa cumprida totalmente tambm h dor, conduzindo ao tdio.

Sri Bhagavan



Em um manicmio um visitante encontrou um dos internos movendo-se de um lado para o outro em uma
cadeira,
sussurrando repetidamente, de maneira suave e contida "Lulu.... Lulu". Qual o problema deste homem?
Perguntou
ao mdico. Lulu.. Ela foi a mulher que o causou" foi a resposta do mdico.


Quando seguiram com a visita, chegaram a uma cela acolchoada cujo ocupante estava golpeando sua
cabea
repetidamente contra a parede e gemendo, "Lulu.... Lulu..."


Lul o problema deste homem tambm? Perguntou o visitante. "Sim", disse o doutor, "Ele se casou com
Lulu."


A dor no somente no conseguir o que voc quer, mas tambm consegui-lo. As relaes humanas se
tornaram dolorosas
e sufocantes devido s constantes expectativas. Sri Bhagavan disse, "Quando a expectativa no
realizada h dor e esta
conduz frustrao e ao dio. Quando a expectativa realizada totalmente, tambm h dor que conduz
ao tdio."


Por isso, a maioria das relaes tornou-se velhas e sem graa. Buscamos, portanto, novas formas de
satisfao e prazer.
O prprio processo de expectativa dor. A vida parece ser um longo processo de espera.


Todo o assim chamado amor somente mero apego. Apego e dio so as duas faces de uma mesma
moeda.
Encontramos-nos envolvidos em emoes como cimes, raiva, dio etc. Uma pessoa insegura uma
pessoa infeliz e,
portanto, cria infelicidade para seus entes queridos.


H somente uma relao, s um ser que pode ser teu e somente teu, e esse a Divindade como teu
Antaryamin (morador
interno). Sem uma estreita relao com Deus, o homem um rfo. Esta a experincia pessoal de
milhes de pessoas
que se aglomeram em Vardayapalyam para a "Deeksha de luminao de Sri Bhagavan e Bhagavati
Amma