You are on page 1of 1

RECURSO EXTRAORDINRIO 561.908 RIO GRANDE DO SUL RELATOR RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN.

MARCO AURLIO : UNIO : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : LUIZ VOLMAR RODRIGUES DA SILVA : JORGE NILTON XAVIER DE SOUZA : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE SUL

DO

DECISO RECURSO EXTRAORDINRIO REPETIO DE INDBITO TRIBUTOS SUJEITOS A LANAMENTO POR HOMOLOGAO ARTIGOS 3 E 4, SEGUNDA PARTE, DA LEI COMPLEMENTAR N 118/05 NEGATIVA DE SEGUIMENTO. 1. O Tribunal, na sesso plenria de 4 de agosto de 2011, concluiu o julgamento do Recurso Extraordinrio n 566.621/RS, da relatoria da Ministra Ellen Gracie, o qual substituiu este processo como paradigma de repercusso geral. Assentou ser inconstitucional a aplicao dos artigos 3 e 4, segunda parte, da Lei Complementar n 118/2005 s situaes anteriores vigncia da norma, isto , 9 de junho de 2005. 2. Em face do precedente, ressalvando a ptica pessoal, nego seguimento ao extraordinrio. 3. Publiquem. Braslia, 25 de agosto de 2011. Ministro MARCO AURLIO Relator

Documento assinado digitalmente conforme MP n 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Pblicas Brasileira - ICP-Brasil. O documento pode ser acessado no endereo eletrnico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o nmero 1420487.