You are on page 1of 4

ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS O nmero de algarismos significativos resulta da escala do aparelho com que se est a obter a medida.

Exemplo: Estamos a medir uma massa numa balana que tem a indicao de sensibilidade d= ! "g. Obtemos uma massa de #!$#%g na nossa pesagem. Ento

#!$# %

algarismos exactos algarismo incerto

#!$#%g & algarismos significativos Algarismos Significativos: todos os exactos ' primeiro dos incertos. Exemplo: Estamos a medir um comprimento ( com uma r)gua! graduada em mil*metros.

Obtemos um comprimento de +!%& cm. Ento

+!% &

algarismos exactos algarismo incerto

+!%& , algarismos significativos REGRAS DE CONTAGEM DO N DE ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS a!s!" DE #M RES#LTADO! A contag$m %os algarismos significativos fa&'s$ %a $s()$r%a *ara a %ir$ita+ com$,an%o *$lo *rim$iro algarismo %if$r$nt$ %$ &$ro! " -ualquer algarismo diferente de .ero ) significativo. ",&g , a.s. , +m & a.s.

/ 0eros entre algarismos diferentes de .ero so significativos.

, 0eros 1 esquerda do primeiro a.s. diferente de .ero no so significativos. ! &+2g , a.s.

,&!

& 3ara nmeros superiores a "! os .eros 1 direita da v*rgula contam como a.s. g + a.s + 3ara nmeros sem casas decimais! os .eros podem ou no ser significativos. O nmero + pode ter "! / ou , a.s. 4eve usar5se a notao cient*fica para eliminar esta ambiguidade. +x"
/

" a.s. / a.s. , a.s.

+! x " +! x"

O-ERA./ES COM ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS a!s!"!

-uando se efectuam clculos o resultado deve respeitar o nmero de algarismos significativos dos dados segundo as seguintes regras para as opera6es. A! A%i,0o $ S)1trac,0o! O nmero de casas decimais da soma ou da diferena ) o mesmo do dado que tiver o menor nmero de casas decimais. ,&!+2#g ' /!,&g = ,2!$ # ,2!$" g 2! M)lti*lica,0o $ Divis0o! 7o produto final ou no quociente! o nmero de a.s. ) determinado pelo factor que tenha menor nmero de a.s. ,!&+2 m x ,&!+/,& m = ""$!,""&%% ""$!, m/. C! O*$ra,3$s $m ca%$ia

8x9=: :x4=E

8 = /!,& 9 = +! +% 4 = ,! /

;sa5se um a.s. a mais nos clculos interm)dios e arredonda5se o resultado final para o n< correcto de a.s. /!,& x +!+% = ",! 2 =arredondar> ",! 2 x ,! / = ,$!&&"/ ,$!&

8 m)dia de "/!,"g e "/!&&g ): ="/!,"g ' "/!&&g> : 4 = "/!,%g 8 massa de , ob?ectos iguais ) 5 x ,!&+g = " !&g Os nmeros 4 e 5 so designados nmeros puros! no afectando o nmero de algarismos significativos nas regras de clculo.

REGRAS DE ARREDONDAMENTO Escolhida a casa decimal at) onde se quer fa.er a aproximao: ". 4espre.e o algarismo seguinte se for inferior a +. "!+2%&$ = "!+2% /. 8crescente uma unidade 1 casa decimal! se o algarismo for superior a +. /!+2$% = /!+# ,. (e o algarismo seguinte 1 casa escolhida for igual a +! tem duas situa6es: a. O n< da casa decimal que pretende arredondar ) par: fica como est. "!%+="!% b. O n< da casa decimal que pretende arredondar ) impar: acrescenta5lhe uma unidade. /!#,+=/!#&

NOTA.6O CIENT7FICA 8 f@rmula geral de um nmero em notao cient*fica )

8x" em que

"8<" n5 nmero inteiro. Exemplos: ,&+2!&+ = ,!&+2&+x" ,. ! /&#,%=/!&#,%x" 5,