You are on page 1of 4

ESCOLAS “PADRE ANCHIETA”

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA REDES DE COMPUTADORES

TOPOLOGIAS DE REDE

A topologia de uma rede descreve como é o layout do meio através do qual ocorre o tráfego de informações
e também como os dispositivos estão conectados a ele. Refere-se ao relacionamento físico e lógico de cada
nó da rede (cada ponto de conexão com a rede pode ser chamado de nó, independente da função do
equipamento representado por ele), ou seja, a forma como estão dispostos. Temos aqui então uma divisão
entre topologia lógica e topologia física:

A topologia lógica descreve como as informações devem transitar ao longo da rede, o formato dos dados,
etc, é a forma como os protocolos (conjuntos de regras que organizam a comunicação) operam no meio
físico.

A topologia física refere-se à disposição dos cabos e componentes do meio físico, descrevendo onde cada nó
da rede está situado fisicamente em relação aos demais, como é feita a distribuição da mídia de conexão
(cabeamento de cobre, fibra óptica, wireless, etc) e mostra a configuração geral da rede através da planta
de localização dos equipamentos.

Veja abaixo algumas das topologias mais utilizadas.

 Barramento - cada nó é ligado em "série" (um nó é conectado atrás do outro) em um mesmo


backbone, de forma semelhante às luzinhas de natal. As informações enviadas por um nó trafegam
pelo backbone até chegar ao nó de destino. Cada extremidade de uma rede de barramento deve ser
terminada por um resistor para evitar que o sinal enviado por um nó através da rede volte quando
chegar ao fim do cabo.

PROF. CARLOS ALAOR DE MELLO JR – cmello@anchieta.br 1/4


ESCOLAS “PADRE ANCHIETA”

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA REDES DE COMPUTADORES

 Anel - como uma rede de barramento, os anéis também têm nós ligados em série. A diferença é
que a extremidade da rede volta para o primeiro nó e cria um circuito completo. Em uma rede em
anel, cada nó tem sua vez para enviar e receber informações através de um token (ficha). O token,
junto com quaisquer informações, é enviado do primeiro para o segundo nó, que extrai as
informações endereçadas a ele e adiciona quaisquer informações que desejar enviar. Depois, o
segundo nó passa o token e as informações para o terceiro nó e assim por diante, até chegar
novamente ao primeiro nó. Somente o nó com o token pode enviar informações. Todos os outros
nós devem esperar o token chegar.

PROF. CARLOS ALAOR DE MELLO JR – cmello@anchieta.br 2/4


ESCOLAS “PADRE ANCHIETA”

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA REDES DE COMPUTADORES

 Estrela - em uma rede em estrela, cada nó se conecta a um dispositivo central chamado hub ou
Switch. O hub / switch obtém um sinal que vem de qualquer nó e o passa adiante para todos os
outros nós da rede. Um hub / switch não faz nenhum tipo de roteamento ou filtragem de dados. Ele
simplesmente une os diferentes nós.

PROF. CARLOS ALAOR DE MELLO JR – cmello@anchieta.br 3/4


ESCOLAS “PADRE ANCHIETA”

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA REDES DE COMPUTADORES

1. Topologias básicas

Por definição, as redes locais constituem-se de um conjunto de estações (nós) interligadas por um sistema
de comunicação. Este sistema é composto por um arranjo topológico interligando os vários nós e por um
conjunto de regras (protocolos) de forma a organizar a comunicação.

Os arranjos topológicos consistem em três topologias básicas: estrela, anel e barramento. Cada tipo de
topologia lógica está normalmente associado a uma determinada topologia física, mas uma topologia física
pode não necessariamente estar relacionada com a topologia lógica da rede.

Para compreender melhor como uma rede pode usar um tipo de topologia física e outro tipo de topologia
lógica, podemos examinar uma rede Ethernet, que apresenta variações na sua topologia lógica e física.

O padrão Ethernet (IEEE 802.3) define uma topologia lógica em barramento e topologia física em estrela. Na
verdade, internamente ao hub o fluxo dos dados ocorre linearmente, tal como a topologia barramento. É por
isso que a topologia estrela do padrão Ethernet é dita uma topologia física (externamente). Por difundir
broadcast para a rede, comporta-se como um barramento, mas normalmente usa cabeamento disposto em
estrela. Isto significa dizer que essa rede é um barramento lógico, mas uma estrela física.

Bibliografia:

José Maurício Santos Pinheiro


Professor Universitário, Projetista e Gestor de Redes,
membro da BICSI, Aureside, IEC e autor dos livros

PROF. CARLOS ALAOR DE MELLO JR – cmello@anchieta.br 4/4