You are on page 1of 2

Apresentao Oral 3 Perodo

Biografia de Cames

Filiao: desconhece-se quem so os pais


Data de nascimento: desconhece-se
Data de falecimento: 10 de junho de 1580
Esteve na ndia 17 anos, a combater, foi l que escreveu Os Lusadas

Os Lusadas contam:

A viagem de Vasco da Gama ndia (1498) - ao central ao servio do rei D.Manuel I


Histria de Portugal at ao sculo XV

Epopeia=gnero pico= narrativa pica= poema pico

Gnero narrativo, em verso, que teve origem na Antiguidade Clssica e que relata feitos
heroicos de heris reais e imaginrios. O estilo grandioso, sublime e elevado.
EX: Ilada, Odisseia de Homero e Eneida de Virglio
Os Lusadas so a epopeia dos descobrimentos.

A obra divide-se em:

Proposio- o poeta apresenta o assunto da sua obra (3 primeiras estrofes do canto I)


Invocao- Cames invoca as Tgides (ninfas do Tejo) para lhe darem inspirao.
Dedicatria- Cames dedica o poema ao rei D-Sebastio
Narrao- IN MDIA RES- NO MEIO DA AO- relato da viagem no meio da ao
quando os portugueses j se encontram perto da costa de Moambique.
A ao decorre em 4 planos:

Plano de Vasco da Gama ndia em viagem (central)


Plano da Histria de Portugal- quando Vasco da Gama, um outro narrador, conta ao Rei
de Melinde a histria de Portugal
Plano mitolgico (histrias dos deuses da mitologia pag)
Plano das consideraes do poeta- momentos de reconsiderao/reflexo por parte de
Cames sobre a condio humana

Anlise Formal:

O poema constitudo por 1102 estrofes, por 10 cantos, as estrofes ou estncias so


oitavas, a mtrica de decasslabos, a rima cruzada nos 6 primeiros versos e
emparelhada nos dois ltimos. Ao esquema rimtico sempre ABABABCC