You are on page 1of 1

APELAO CVEL N 0010.15.

820409-8
BOA VISTA/RR
APELANTE: JOS PEREIRA DE ARAJO
ADVOGADO: DR. JEFFERSON RIBEIRO MACHADO MACIEL
OAB/RR N 356-B
APELADO: BANCO BRADESCO S/A
ADVOGADO: DR. NELSON WILIANS FRATONI RODRIGUES
OAB/SP N 128341-N
RELATOR: DES. ALMIRO PADILHA
EMENTA
APELAO CVEL-AO DE RESOLUO CONTRATUAL C/C
DANOS MATERIAIS E MORAIS - INSTITUIO FINANCEIRA -
RESPONSABILIDADE CIVIL CONFIGURADA - EMPRSTIMO
BANCRIO CONSIGNADO OBTIDO MEDIANTE FRAUDE -
DESCONTOS EM FOLHA DE PAGAMENTO - COBRANA DE
QUANTIA INDEVIDA - ABALO MORAL CARACTERIZADO -
QUANTIA RAZAVEL APLICADA - SENTENA REFORMADA -
RECURSO CONHECIDO E PROVIDO.
1. Trata-se de relao consumerista em que a responsabilidade civil
objetiva (art. 14 do CDC), prescindindo da anlise do elemento
culpa.
2. No vertente caso, o Autor/Apelante foi vtima de evento danoso, o
que resultou no desconto indevido de 36 (trinta e seis) parcelas de
R$ 52, 26 (cinquenta e dois reais e vinte e seis centavos) do em seu
benefcio previdencirio de parcelas referentes a emprstimo que
jamais contraiu.
3. Encontra-se razovel a quantia no valor de R$ 3.000,00 (trs mil
reais) imposta para reparar o abalo moral auferido pelo Autor.
4. Sentena reformada. Apelo conhecido e provido.

ACRDO
Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os membros
da Segunda Turma da Colenda Cmara Cvel do Tribunal de
Justia do Estado de Roraima, unanimidade de votos, em
conhecer do recurso e dar-lhe provimento, nos termos do voto do
Relator, que fica fazendo parte integrante deste julgado. Participa
ram do julgamento os eminentes Des. Almiro Padilha (Relator),
Jefferson Fernandes (Julgador) e Mozarildo Cavalcanti (Julgador).

Boa Vista - RR, 28 de abril de 2017.


Des. Almiro Padilha
Relator