You are on page 1of 19

POR QUE SISTMICO?

TEORIA GERAL DOS


SISTEMAS
Ludwig von
Bertalanffy
Dcada de 30
Teoria da biologia - generalizvel
PRINCIPAIS CONCEITOS:
Sistemas se mantm em equilbrio
dinmico = HOMEOSTASE
Retroalimentao constante
Globalidade
Circularidade
Utiliza
os conceitos da TGS
e compreende o indivduo
dentro de distintos nveis
sistmicos.
Compreenso do conceito
de todo e parte
Problemas psicolgicos se
desenvolvem e/ou se mantm
dentro do contexto social da
famlia.
Enfoque nas relaes
sintoma, estrutura e mudana
FAMLIAS FUNCIONAIS
Equilbrio entre proximidade
e distanciamento
Colaborao e abertura para

novas experincias
Capacidade de abandonar

estratgias ineficazes de
resoluo de problemas e
criar novas.
Maior flexibilidade para
mudanas
Maior aceitao das interaes
extra famlia
Estratgias ineficazes:
(culpando algum, com
reaes excessivas ou negando
que exista algum problema,
por exemplo)
Repetem sempre as mesmas
As prprias solues constituem o problema;

Rigidez nas relaes e na comunicao

Desequilbrio entre proximidade e distanciamento.

Muitos conflitos (cobertos e/ou encobertos)

So regras (visveis e/ou invisveis) que definem


quem participa e como;
FRONTEIRAS
Tm como funo proteger a diferenciao do
sistema;
Para o funcionamento
adequado as fronteiras devem
ser ntidas.
Regula fluxo de informaes,
Interao familiar
Impossvel no
comunicar
Comunicao digital e analgica
Contedo e relao
Complementaridade
Ato comunicacional - stress
intolervel
Mecanismo de regulao do
sistema
Funo no sistema familiar -
redefinio

Processo circular
dinmico
Demanda x motivao
Envolve sistema interno e
externo
Tipo de enquadre

Sentido horizontal- sistema atual


de pertencimento
Quem participa e como?
ABORDAGEM SISTMICA
Crise situacional x estrutural
Vertical - trigeracional (famlias de
origem de cada componente do
sistema)
Tringulos relacionais
Stressores Verticais e Horizontais
ASPECTOS DINMICOS
Gravidade Grau de rigidez
do sistema
Soluo do problema x
mudana estrutural da famlia
Sistema como totalidade:
indivduo- famlia - contexto
social (cultura)
Sistema de crenas da famlia
Histria pregressa
Flexibilidade x rigidez do sistema
familiar
Etapa do ciclo vital
Mapeamento em 3 geraes
Construo dos dados e
informaes da famlia
Instrumento diagnstico
Aspectos relacionais e
histricos Aspectos dinmicos
e repetidos Significncia