You are on page 1of 4

MUDANÇAS NO SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM CARDIOLOGIA

Diretrizes 2010 Diretrizes 2005 Racional


VIAS AÉREAS Capnografia quantitativa com formato Detector de CO2 exalado ou Capnografia quantitativa com formato de
de onda contínua é agora dispositivo de detecção esofágico onda contínua é o mais confiável método de
E recomendada para pacientes foi recomendado para a confirmação e monitorização da correta
RESPIRAÇÃO intubados no período peri parada confirmação de posicionamento posição do tubo endotraqueal. Ainda que
cardíaca. Quando usada em adultos, do tubo endotraqueal. Em 2005 já outros meios de confirmação estejam
auxiliam na confirmação da havia uma sinalização quanto a disponíveis , não existe nada tão confiável
localização do tubo e monitorização possível utilidade do PETCO2 como a capnografia quantitativa.
da qualidade da RCP e detecção do como indicador não invasivo de Socorristas devem observar o formato de
retorno à circulação espontânea débito cardíaco gerado durante a onda da capnografia com a ventilação para
baseada nos valores do PETCO2. RCP. confirmar e monitorar a posição do tubo
endotraqueal.
Uma vez que a circulação seja Não existia informação sobre o De fato, a saturação da oxi-hemoglobina
restaurada, a saturação da oxi- desmame do paciente do oxigênio deve ser mantida entre 94% - 99%, quando
hemoglobina deve ser monitorada. suplementar que era fornecido. possível.
Parece ser razoável que, quando o Ainda que, as Diretrizes de 2010 não tenham
equipamento apropriado estiver encontrado evidencias suficientes para
disponível,a titulação na recomendar um específico protocolo de
administração de oxigênio deverá desmame, recentes estudos documentaram
manter asaturação da oxi- os efeitos nocivos da hiperóxi após retorno
hemoglobina >= 94%. da circulação espontânea.
Oxigênio suplementar não é Oxigênio suplementar era Serviços médicos de emergência
necessário para pacientes sem recomendado a todos os administram oxigênio suplementar durante a
evidencia de desconforto respiratório pacientes com sinais evidentes de avaliação inicial de pacientes com suspeita
ou quando a saturação da oxi- edema pulmonar ou saturação da
de SCA. Entretanto, não há evidencias
hemoglobina >= 94%. oxi-hemoglobina < 90% Desta
forma, parecia ser razoável suficientes que apóiem o uso rotineiro em
administrar a todos os pacientes pacientes com SCA não complicada. Se o
com Síndrome Coronária Aguda paciente está dispnéico, hipoxêmico ou tem
durante as primeiras 6 horas de sinais evidentes de falência cardíaca, os
tratamento. socorristas devem titular a administração de
oxigênio com o objetivo de manter a
saturação da oxi-hemoglobina >= 94%.
MUDANÇAS NO SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM CARDIOLOGIA

Diretrizes 2010 Diretrizes 2005 Racional


Atropina não é recomendada para Atropina era recomendada para o Existem várias mudanças importantes a respeito
o manuseio de AESP e algoritmo de Parada Cardíaca Sem do manuseio de arritmias sintomáticas em
ASSISTOLIA, sendo então retirada Pulso: sendo administrada em adultos. Evidências disponíveis sugerem que o
FARMACOLOGIA do algoritmo de Atendimento a pacientes com AESP lenta e uso rotineiro de Atropina durante a AESP ou
Parada Cardíaca. O tratamento de ASSISTOLIA. ASSISTOLIA não trazem qualquer benefício
AESP e ASSISTOLIA está agora terapêutico. Por esta razão, a Atropina foi
consistente com as retirada do Algoritmo de Parada Cardíaca.
recomendações e algoritmos do
ACLS e PALS.
Adenosina é recomendada no No Algoritmo de Taquicardias, Com base em novas evidencias de segurança e o
diagnóstico inicial de Taquicardia Adenosina era recomendada potencial de eficácia, Adenosina pode agora ser
Regular Monomórfica apenas para as Taquicardias considerada na avaliação inicial e tratamento da
Indiferenciada de Complexo Largo Regulares de Complexo Estreito Taquicardia Monomórfica Indiferenciada de
(Condução Aberrante). Não por mecanismo de Reentrada. Complexo Largo quando o ritmo é regular.
devendo ser usada se o padrão for
irregular.
Para o tratamento de adultos com No Algoritmo de Bradicardias, Para o tratamento de adultos com bradicardia
bradicardia instável e sintomática, estavam recomendadas após a instável e sintomática, infusão de agentes
infusão de drogas cronotrópicas é utilização de Atropina e enquanto cronotrópicos está agora recomendada como
recomendada como uma aguardava o MPT ou na falha uma alternativa igualmente efetiva ao Marca
alternativa ao Marca Passo deste. Passo Transcutâneo (MPT) e na falha no uso de
Transcutâneo (MPT). atropina.
Morfina deve ser administrada Morfina era o analgésico de Morfina está indicada em síndromes isquêmicas
com cuidado em pacientes com escolha para a dor não responsiva com elevação de ST quando o desconforto
Angina Instável. aos nitratos, mas não era torácico não responde a nitratos.
recomendada para o uso em Morfina deve ser usada com cuidado na angina
pacientes com sinais de instável e síndromes isquêmicas sem elevação
hipovolemia. de ST, porque está associada com o aumento de
mortalidade em “grandes trials”.
MUDANÇAS NO SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM CARDIOLOGIA
Diretrizes 2010 Diretrizes 2005 Racional
A energia bifásica A recomendação inicial de O Grupo Revisor das Diretrizes para os
DESFIBRILAÇÃO recomendada para carga monofásica para estudos de uso de equipamentos bifásicos
cardioversão da fibrilação atrial cardioversão de fibrilação atrial fizeram pequenas mudanças na atualização
é de 120 a 200J. era de 100 – 200J. de cargas a serem recomendadas. Um
A energia monofásica Cardioversão bifásica era número expressivo de estudos atesta a
recomendada para disponível, mas a carga ideal eficácia do uso do formato de onda bifásico
cardioversão da fibrilação atrial não havia sido estabelecida. na carga sugerida de 120 – 200J para a
é de 200J. Cardioversão de Extrapolação de experiências reversão da FA.
adultos com flutter atrial e já publicadas com
outros ritmos cardioversão eletiva da FA com
supraventriculares requer o uso de formato de onda
menor energia ; cargas de 50 – exponencial truncado sugeriam
100J com ambos a carga de 100 – 120J com
equipamentos é aumentados escalonados se
frequentemente suficiente. Se a necessário. Esta carga inicial
cardioversão inicial falha, têm se mostrado efetiva em 80
socorristas devem aumentar a – 85% dos casos. Até que
carga de forma gradual. futuras evidencias tornem -
disponíveis , esta informação
pode ser extrapolada para o
uso de cardioversão bifásica
para outras taquiarritmias.
Taquicardia Ventricular Não havia evidencias O Grupo Revisor das Diretrizes concordou
Monomorfica Estável em suficientes que que seria útil adicionar as recomendações
adultos responde bem a recomendassem carga bifásica das cargas bifásicas ao consenso de 2010,
cardioversão sincronizada para a cardioversão da para cardioversão da Taquicardia
mono ou bifásica na carga Taquicardia Ventricular Ventricular Monomorfica, mas enfatiza a
inicial de 100J. Se não houver Monomorfica. necessidade de tratar a Taquicardia
resposta ao choque inicial, um As Diretrizes de 2005 Ventricular Polimórfica como Instável e
aumento escalonado da carga recomendavam o uso de como um ritmo de parada.
está recomendado. cardioversão não sincronizada
Não foram encontradas novas para o tratamento dos
recomendações a respeito pacientes instáveis com
deste assunto, durante as Taquicardia Ventricular
revisões realizadas. Polimórfica.
MUDANÇAS NO SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM CARDIOLOGIA

Diretrizes 2010 Diretrizes 2005 Racional


ATUALIZAÇÃO DO Taquicardia Ventricular Não havia evidencias O Grupo Revisor das Diretrizes concordou
Monomorfica Estável em suficientes que que seria útil adicionar as recomendações
ALGORÍTIMO adultos responde bem a recomendassem carga bifásica das cargas bifásicas ao consenso de 2010,
cardioversão sincronizada para a cardioversão da para cardioversão daTaquicardia Ventricular
mono ou bifásica na carga Taquicardia Ventricular Monomorfica, mas enfatiza a necessidade de
inicial de 100J. Se não houver Monomorfica. tratar a Taquicardia Ventricular Polimórfica
resposta ao choque inicial, um As Diretrizes de 2005 como Instável e como um ritmo de parada.
aumento escalonado da carga recomendavam o uso de
está recomendado. cardioversão não sincronizada
Não foram encontradas novas para o tratamento dos
recomendações a respeito pacientes instáveis com
deste assunto, durante as Taquicardia Ventricular
revisões realizadas. Polimórfica.