You are on page 1of 26

FACULDADE BRASILEIRA

Recredenciada pela Portaria/MEC No 783 de 07.08.2015 – D.O.U. de 10.08.2015

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO


DE CURSO
DA FACULDADE BRASILEIRA

VITÓRIA
2017
1

SUMÁRIO

1 APRESENTAÇÃO.................................................................................... 03

2 OBJETIVOS................................................................................................ 04
2.1 OBJETIVO GERAL......................................................................................... 04
2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS.......................................................................... 04

3 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO 05

4 DISCIPLINA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 07


4.1 PRÉ-REQUISITOS......................................................................................... 08
4.2 OBJETIVO DA DISCIPLINA........................................................................... 08
4.3 SISTEMA DE AVALIAÇÃO............................................................................ 09

5 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES............................................ 10

6 DO CALENDÁRIO DOS ENCONTROS DE ORIENTAÇÃO 11

7 ATRIBUIÇÕES AO ALUNO................................................................... 11

8 ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR ORIENTADOR.......................... 12


8.1 CABE AO PROFESSOR ORIENTADOR....................................................... 13
2

9 ATRIBUIÇÕES DA COORDENAÇÃO DE CURSO ................... 14

10 DISPOSIÇÕES GERAIS ................................................................ 15

10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.................................................... 16

APÊNDICES
APENDICE A – ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE
PESQUISA (TCC )........................................................................
17
APENDICE B – ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO DE CONCLUSÃO
18
DE CURSO (TCC) II .................................................................................................
APENDICE C – FICHA DE AVALIAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO ...........................................................................................
39
APENDICE D – FICHA PARA AGENDAMENTO E CONTROLE DE FREQUÊNCIA
ÀS SESSÕES DE ORIENTAÇÃO...............................................
22
APENDICE E – DECLARAÇÃO DE ACEITE DO PROFESSOR ORIENTADOR ..
23
APÊNDICE F– COMPROVANTE DE PRESENÇA NAS ORIENTAÇÕES.................
24
3

1 APRESENTAÇÃO

Este regimento regulamenta, no âmbito dos Cursos de Pós Graduação da Faculdade


Brasileira, os procedimentos referentes à elaboração, desenvolvimento e apresentação
do Trabalho de Conclusão de Curso da Pós Graduação, que constitui pré-requisito para
a obtenção do título de especialização das Faculdades do Grupo Multivix.

O Trabalho de Conclusão de Curso é um trabalho acadêmico, versando sobre qualquer


tema relacionado à área do curso escolhido pelo discente, de cunho teórico-prático
considerado relevante, e que seja passível de ser desenvolvido por alunos, dentro da
carga horária estabelecida para sua elaboração.

O presente Manual de Trabalho de Conclusão de Curso tem por finalidade oferecer


subsídios básicos aos alunos e professores da Faculdade Brasileira dos cursos de Pós
Graduação, com o objetivo de seguir um modelo para que o trabalho de conclusão de
curso seja produzido de forma padronizada.

Este manual regulamenta os princípios, as regras do que pode e não pode ser feito.
Leia-o com muita atenção, pois, este não aborda sobre qual a melhor opção quanto à
área de estudo. Nem determinarão onde buscar o assunto que eventualmente poderá
ser estudado.

O manual está organizado em capítulos e seções que abordam sobre o regulamento do


projeto, das atribuições do aluno e orientador
4

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

Orientar sobre os procedimentos operacionais para a produção do trabalho de


conclusão de curso, garantindo a qualidade nos serviços oferecidos aos alunos.

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Uniformizar a comunicação com todos os colaboradores utilizando o mesmo


discurso frente aos alunos, certos de que todos os componentes da equipe
tenham acesso à mesma informação;

 Estar atualizado com o Regimento Interno, Resoluções e qualquer outro


documento da FACULDADE BRASILEIRA que venha determinar as atividades
acadêmicas ou agregar conhecimento sobre a Instituição;

 Atuar com profissionalismo na prática da elaboração e entrega dos Trabalhos de


Conclusão de Curso, na modalidade de artigo acadêmico-científico, sempre
visando à satisfação do aluno;

 Buscar aprimoramento nos procedimentos internos relacionados ao melhor


desenvolvimento das disciplinas ligadas ao Trabalho de Conclusão do Curso.
5

3 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – O ARTIGO ACADÊMICO-


CIENTÍFICO

O Trabalho de Conclusão de Curso será de caráter obrigatório e em grupo de até 03


(três) alunos para os cursos de Pós Graduação da Faculdade Brasileira.

O desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso para os cursos de Pós


Graduação da Faculdade Brasileira será realizado em dois momentos, conforme grade
curricular vigente em cada semestre letivo.

O Trabalho de Conclusão de Cursos é dividido em duas etapas, ofertado


respectivamente em duas disciplinas, tendo a seguinte disposição:
I. Metodologia da Pesquisa: Elaboração do projeto de Pesquisa na disciplina
Trabalho de Conclusão de Curso que constitui pré-requisito obrigatório para a
Disciplina Trabalho de Conclusão de Curso .
II. Trabalho de Conclusão de Curso: Elaboração de um artigo acadêmico-
científico.
A modalidade do trabalho de conclusão de curso a ser apresentada é um artigo
acadêmico-científico. Consiste de um pequeno, embora completo, estudo que trata de
uma questão verdadeiramente científica do campo em que o discente pretende se
graduar, podendo ser de caráter teórico ou apresentado resultado de estudos e
pesquisas, em geral, apresenta temas ou abordagens novas, atuais ou diferentes,
podendo.

Deverá versar sobre um estudo pessoal, uma descoberta ou dar um enfoque contrário
relevante ao já conhecido acerca de determinado tema, oferecer soluções para
questões controvertidas, levar ao conhecimento do público intelectual ou especializado
no assunto ideias novas, para sondagem de opiniões ou atualização de informes, ou
6

ainda abordar aspectos secundários, levantados em alguma pesquisa, mas que não
seriam utilizados na mesma.

O trabalho de conclusão de curso na modalidade de artigo acadêmico cientifico deverá


seguir as regras de publicação e formatação do artigo de revisão proposto na revista
científica desta IES, Esfera Acadêmica.

A Revista Eletrônica Esfera Acadêmica (ISSN: 2317-000X) é um periódico semestral


destinado à divulgação da produção científica nas diversas áreas dos alunos e
docentes da MULTIVIX-Vitória e de instituições externas. Os artigos encaminhados
serão submetidos à avaliação do Corpo Editorial, especialistas na área relacionada ao
tema do artigo, que decidirá sobre a conveniência da publicação, encaminhando aos
autores sugestões e possíveis correções.

O periódico publica 1) Artigos originais, 2) Artigos de revisão, 3) Artigos de atualização


ou divulgação, 4) Relato de caso, 5) Relatos de experiência e 6) Resenhas, devendo
como explicitado, o trabalho de conclusão de curso seguir as orientações gerais de
formatação e quanto à especificidade, o item 2, referente ao artigo de revisão, cujo
conteúdo mínimo deve ser Resumo, Abstract, Introdução, Desenvolvimento e
Conclusão, com limite de 20 laudas1.

Por se tratar de um texto acadêmico, deverá ser claro, conciso, objetivo e centrado no
tema proposto, utilizando linguagem correta, precisa coerente e simples e evitando
adjetivos supérfluos, rodeios e repetições ou explicações inúteis. Por outro lado, deve
evitar uma forma excessivamente compacta que prejudique a completude esperada do
trabalho.

1 Ver http://webserver1.univix.br/esferaacademica/NormasDePublicacao.aspx
7

Ao se especializar o discente deve ter em mente que sua produção acadêmica final
reflete sua contribuição ao campo acadêmico que lhe concede o título de especialista,
de maneira que o trabalho deve ser realizado, ainda que não seja obrigatório com vistas
à publicação de sua conclusão (na forma de artigo), proporcionando a ampliação dos
conhecimentos da área sobre o tema como a compreensão de certas questões.

Na condição de análises completas de determinados tópicos relevantes dentro de


temas maiores de seus respectivos campos, os artigos permitem ao leitor especializado
da área repetir a experiência, mediante a descrição da metodologia empregada, do
processamento utilizado e dos resultados obtidos, ampliado o escopo do conhecimento
científico e devolvendo à sociedade o empenho utilizado na formação daquele
profissional durante seus anos de estudo acadêmico.

4 DISCIPLINA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Nesta etapa, é o momento de iniciação do aluno na proposta de trabalho a ser


desenvolvida ao longo do curso, por isso, é um momento muito especial.

.
A supervisão, a partir de agora denominada orientação, dá-se mediante encontros
presenciais na figura de um professor. Como resultado final, deverá ser produzido
individual ou em grupo, um projeto de aproximadamente 15 laudas, e que contenha em
sua estrutura, a escolha do tema, a definição de sua linha de pesquisa, além das
questões principais que servirão de suporte à continuidade de seu trabalho.

Vale ressaltar que o trabalho deverá estar de acordo com as normas adotadas pela
Faculdade Brasileira, ou seja, o Manual de Normas Técnicas Acadêmica da Faculdade,
8

que se encontra disponível na biblioteca da IES e no site da Faculdade


(www.multivix.edu.br).

O trabalho deverá ser entregue em vias encadernadas, na data aprazada, ao professor


orientador para as devidas correções. O número de vias a ser entregues deverá ser a
quantidade de alunos do grupo.

4.1 PRÉ-REQUISITOS

 Ter sido aprovado na disciplina de Metodologia da Pesquisa/Metodologia Científica


em nota e frequência;

 Ter cursado pelo menos 75% das disciplinas profissionalizantes constantes na grade
curricular do curso, anteriores ao período em que inicia-se o Trabalho de Conclusão de
Curso.

4.2 OBJETIVO DA DISCIPLINA

A disciplina terá como objetivo a elaboração do projeto de pesquisa que deverá conter
os seguintes pontos (APENDICE A):

a) Título do trabalho;
b) Contextualização
c) Justificativa;
d) Delimitação do tema
e) Formulação do problema
f) Objetivos;
g) Hipótese de trabalho, quando cabíveis;
9

h) Metodologia;
i) Referencial teórico ou revisão bibliográfica
j) Referência bibliográfica
k) Plano ou cronograma de execução do projeto;
l) Orçamento e fontes de financiamento se for o caso.

4.3 SISTEMA DE AVALIAÇÃO

O projeto desenvolvido na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso, também


chamado de projeto de TCC, será avaliado pelo(s) professor(es) orientador(es) em duas
etapas bimestrais, a saber:
Na 1ª fase – Disciplina Metodologia da Pesquisa: até 10,0 pontos relativos ao pré-
projeto: tema, problema, objetivos e justificativa, com referências; e
2º fase – Disciplina Orientação de TCC: até 10,0 pontos para a confecção do projeto
completo (pré-projeto corrigido, acrescido de metodologia, referencial teórico,
cronograma e referências bibliográficas.

Na avaliação o orientador também levará em consideração os seguintes itens:


 Desempenho do aluno na elaboração do projeto;
 Viabilidade de execução de acordo com o cronograma do TCC e adequação do
projeto às áreas de formação do Curso;
 Identificação do projeto frente ao tipo de trabalho pretendido;

O discente só será considerado aprovado se sua média for igual ou superior a 7,00
(sete) e ter comparecido a pelo menos 75% das aulas.
10

5 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

 Somente serão aceitos projetos que tenham sido desenvolvidos e


acompanhados direta e continuamente pelo professor no decorrer do período
letivo. Assim sendo, trabalhos “clonados”, “de proveta”, não serão aceitos.

 Os professores deverão lançar as notas dos alunos dentro do prazo estabelecido


pelo calendário acadêmico da IES.

 A aprovação do projeto de TCC em Trabalho de Conclusão de Curso,


compreende a avaliação com nota de 7,00 (sete) até 10,0 (dez) que garantirá o
crédito da disciplina TCC.

 Para essa disciplina de TCC não haverá prova final. O aluno/grupo que obtiver
média inferior a 7,00 (sete) e/ou frequência inferior a 75% dos encontros estará
reprovado automaticamente, sem direito a prova final.

 Não havendo entrega ou aprovação do projeto de TCC, o aluno/grupo não terá o


crédito de TCC, sendo necessária nova matrícula.

 A Instituição REPROVARÁ sumariamente e sem direito a nova


apresentação ou recurso o aluno/grupo cujo Trabalho de Conclusão de Curso,
esteja incompatível com a ética científica, especialmente a apresentação de
Trabalho de Conclusão de Curso elaborada por terceiros, plágio total ou
parcial.
 O Professor orientador poderá recomendar os trabalhos
aprovados para publicação como artigo em periódicos especializados.
11

6 DO CALENDÁRIO DOS ENCONTROS DE ORIENTAÇÃO DE


TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO.

Artigo 1º - A orientação da disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso, da Faculdade


Brasileira, ocorrerá de acordo com o horário aula disponibilizado pelo professor
orientador

§1º - O grupo terá direito a três encontros presenciais e até 2 encontros virtuais pelo
Skype, com o professor orientador, equivalente a 30 min cada encontro em local
acordado entre Orientador e Aluno.

Artigo 2º - As orientações do Trabalho de Conclusão de Curso poderão ocorrer em


turno diferente daquele em o aluno estiver matriculado, incluindo local de orientação.

Vale ressaltar que:


 Cabe ao orientador, montar o cronograma de orientação e enviar para a
coordenação da pós-graduação que fará o monitoramento da realização desses
encontros.

7 ATRIBUIÇÕES AO ALUNO

 Definir na disciplina Metodologia da Pesquisa, proposta de trabalho contendo o


tema que pretende abordar.
12

 Elaborar o projeto de pesquisa e encaminhá-lo ao(s) professor(es)


orientador(es), ao longo do período letivo em que estiver matriculado na
disciplina Metodologia da Pesquisa;
 Apresentar-se ao Professor Orientador, segundo o calendário de encontros
definido, para orientar-se e expor o andamento do trabalho. Ao aluno que não
comparecer à reunião agendada, ser-lhe-á atribuído falta no período
compreendido entre a última reunião e a atual, salvo os casos previstos em lei;

 Comparecer a no mínimo 75% das aulas e dos encontros programados para a


respectiva disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso;

 Desenvolver as atividades previstas no projeto aprovado (disciplina Trabalho de


Conclusão de Curso), redigir o artigo a título de Trabalho de Conclusão de Curso
e encaminhá-lo à coordenação do curso obedecendo a prazos previamente
definidos. O artigo deverá observar as normas adotadas pelas Normas Técnicas
Acadêmicas da Faculdade Brasileira;

 Apresentar projetos que tenham sido desenvolvidos e acompanhados direta e


continuamente pelo professor orientador no decorrer do período letivo. Assim
sendo, trabalhos “clonados”, “de proveta”, não serão aceitos;

8 ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR ORIENTADOR

A equipe de orientadores de Trabalho de Conclusão de Curso de Pós Graduação da


Faculdade Brasileira será composta por membros do Corpo docente dos cursos da IES,
escolhidos e indicados de conformidade com as normas da Instituição.
13

8.1 CABE AO PROFESSOR ORIENTADOR

 Avaliar a relevância e a exequibilidade do problema ou objeto de estudo proposto


pelo grupo;

 Orientar o grupo na elaboração do projeto, ajudando-o a delimitar corretamente o


problema a ser desenvolvido e indicando, se necessário, fontes bibliográficas
e/ou de dados estatísticos preliminares;

 Receber os alunos nos dias agendados, conforme calendário de reuniões


planejado, para orientação e avaliação do andamento do Trabalho de TCC, de
modo a garantir o amadurecimento gradual das ideias e evitar o acúmulo de
tarefas no final do período. Os atendimentos com as atividades recomendadas
serão registradas em formulários próprios e assinadas pelo(s) aluno(s) e pelo
professor orientador;

 Receber os trabalhos finais dos alunos, conferindo se as alterações solicitadas


foram atendidas.

 Preencher e assinar formulário especifico contendo: nome do aluno ou grupo,


tema pesquisado, nome do orientador, nota final e aprovação e entregar na
coordenação do curso.
14

9 ATRIBUIÇÕES DA COORDENAÇÃO DE CURSO

Cabe à Coordenação de Curso assumir a supervisão da disciplina Trabalho de


Conclusão de Curso.

 Disponibilizar relação de professores orientadores e linha de pesquisa para os


alunos;

 Acompanhar as atividades do Projeto visando promover a integração dos alunos


e respectivos orientadores;

 Estabelecer a sistemática de funcionamento, o que implica definir:

a) Prazos para a entrega do projeto e do artigo a título de Trabalho de Conclusão


de Curso;
b) Critérios para aprovação do objeto de estudo;
c) Critérios para avaliação dos Projetos;
d) Normas a serem observadas pelo aluno/grupo, quando da elaboração do
Projeto, sobretudo aqueles referentes ao aspecto físico, tais como paginação,
notas de rodapé, referências bibliográficas, capítulos, títulos, anexos, tabelas,
quadros, etc.

 Receber os Trabalhos de conclusão de curso dos alunos/grupo;

 Recomendar junto com orientador os melhores trabalhos para a publicação na


revista esfera acadêmica e indicar congressos nacionais para publicação;

 Indicar junto com orientador os melhores trabalhos para acervo na biblioteca;


15

 Receber dos alunos através do setor responsável – Apoio de Curso as referidas


cópias dos Trabalhos de Conclusão de Cursos em CD, contendo arquivos em
PDF e Word e uma via impressa.

10 DISPOSIÇÕES GERAIS

Os casos omissos serão decididos pela Coordenação do Curso, Coordenação de


Graduação e Coordenação Acadêmica.

Os Colegiados do Curso possuem autonomia para sugerir/realizar alterações no


regimento do TCC/Projeto Integrador e sempre de acordo com as experiências
anteriores adquiridas.
16

10 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

1. GAMA, Ricardo Rodrigues. Projeto Integrador jurídica. Campinas; Bookseller,


2001.
2. LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho
científico: procedimentos básicos: pesquisa bibliográfica, projeto e relatório:
publicações e trabalhos científicos. 7. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2007 (Capítulo 3)
17

APÊNDICES

APENDICE A – ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE PESQUISA /


PROJETO DE TCC
CAPA
FOLHA DE ROSTO
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO
1.1 JUSTIFICATIVA DO TEMA

1.2 DELIMITAÇÃO DO TEMA

1.3 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA

1.4 OBJETIVOS

1.4.1 OBJETIVO GERAL

1.4.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1.5 HIPÓTESE

1.6 META

1.7 METODOLOGIA
1.7.1 CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA

1.7.2 TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS

1.7.3 FONTES PARA COLETA DE DADOS

1.7.4 CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA PESQUISADA

1.7.5 INSTRUMENTO PARA A COLETA DE DADOS

1.7.6 POSSIBILIDADE DE TRATAMENTO E ANÁLISE DOS DADOS

2 REFERENCIAL TEÓRICO
3 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO
4 REFERÊNCIAS
18

APENDICE B – ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO ACADÊMICO


CIENTÍFICO A TÍTULO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO
INTEGRADOR (TCC)

FORMATO GERAL

O manuscrito deve ser digitado em página tamanho A4 (210x297mm), utilizando o


editor de texto Microsoft Word. Os artigos submetidos devem ser digitados com
espaçamento 1,5 entre as linhas, letra tipo Arial tamanho 12 para o texto e 10 para
digitação de citações diretas longas, notas de rodapé e paginação e legendas das
ilustrações e tabelas. As notas de rodapé e legendas devem ser digitadas com
espaçamento simples. As margens superior e esquerda devem ter 3 cm e as margens
inferior e direita 2 cm. O título, com 25 palavras no máximo, deverá ser escrito em
negrito, maiúscula, centralizado, fonte Arial 12. Resumo e Abstract deverão ter no
máximo 250 palavras.

PÁGINA DE ABERTURA

Deverá conter o título e subtítulo (se houver) que poderá ter no máximo 25 palavras, o
nome completo do(s) autor(es) na forma direta, acompanhados de suas formações
acadêmicas e afiliações, devendo essas informações ficarem na nota de rodapé.

ESTRUTURA

RESUMO: (consultar Manual de Normas Técnicas da Instituição)

ABSTRACT: (consultar Manual de Normas Técnicas da Instituição – opcional)

1 Introdução
19

1.1 APRESENTAÇÃO DO ASSUNTO,

1.2 OBJETIVO,

1.3 METODOLOGIA;

1.4 LIMITAÇÕES E;

1.5 PROPOSIÇÃO

2 Conteúdo
2.1 EXPOSIÇÃO;

2.2 EXPLICAÇÃO;

2.3 DEMONSTRAÇÃO DO MATERIAL (quando for o caso);

2.4 AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS E;

2.5 COMPARAÇÃO COM OBRAS ANTERIORES (quando for o caso);

3 Dedução Lógica
Baseada e fundamentada no texto, de forma sintética, trazendo o posicionamento ou a ideia a
ser defendida no artigo produzido, ou seja, a contribuição para o campo científico.

4 Comentários, Conclusão e Recomendação


4.1 COMENTÁRIOS (quando couber);
4.2 CONCLUSÃO (apontar os fatos novos e as conclusões tiradas);
4.3 RECOMENDAÇÕES (quando couber)

5 Referências
As referências seguem o estilo da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

OUTRAS REGRAS DE FORMATAÇÃO:


Figuras (se houver)
20

As figuras (fotografias, desenhos e esquemas) devem ser numeradas consecutivamente com


algarismos arábicos, na ordem que forem citadas no texto. As legendas devem ser colocadas
na parte inferior das figuras. Todas as figuras, sem exceção, devem ser citadas no corpo do
texto.

Tabelas, Quadros e Gráficos (se houver)


As tabelas, quadros e gráficos devem ser numeradas consecutivamente com algarismos
arábicos, na ordem que forem citadas no texto. As legendas de tabelas devem ser colocadas na
parte superior e as dos quadros e gráficos, na parte inferior. Todas as tabelas, os quadros e os
gráficos, sem exceção, devem ser citadas no corpo do texto.

Palavras-Chave
Fornecer de 3 a 6 a descritores.

Abreviações
As abreviações devem ser definidas na primeira menção no texto e em cada tabela e figura.

Agradecimentos
Os agradecimentos devem ser breves, diretos e dirigidos apenas a pessoas ou instituições que
contribuíram substancialmente para a elaboração do trabalho. Devem-se incluir as fontes de
apoio, incluindo federal, indústria e apoio filantrópico. Os agradecimentos devem vir depois da
conclusão e antes das referências.

Ética e Consentimento Esclarecido


Ao relatar experimentos com seres humanos e animais, informar o número do protocolo de
aprovação do Comitê de ética em Pesquisa responsável por experimentação humana e animal
(institucional ou regional). As pesquisas que envolverem seres humanos devem indicar que
houve consentimento dos indivíduos em participar do trabalho.
21

APENDICE C
FOLHA DE AVALIAÇÃO DO TCC - TRABALHO ESCRITO
CURSOS SUPERIORES DE PÓS GRADUAÇÃO

Título do Trabalho de Conclusão de Curso: _______________________________________

Autor (a): ____________________________________________________________________


____________________________________________________________________________
Curso:_______________________________________________________________________

JULGAMENTO

PARTE ESCRITA
ORIENTADOR Nota Rubrica
Avaliação da estrutura

2º Avaliação do Conteúdo
RESULTADO FINAL

Nota Final (Somatório das Notas Parciais 1 e 2)

Observações/Justificativas:____________________________________________
___________________________________________________________________

Indicações das correções necessárias (escreva no verso se necessário): _______


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

Vitória-ES, ___ de _______________ de _____ .


22

APENDICE D – FICHA PARA AGENDAMENTO E CONTROLE DE FREQUÊNCIA ÀS


SESSÕES DE ORIENTAÇÃO
FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
DOS
CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO
Orientando:_____________________________________________________________
_______________________
Tema:
______________________________________________________________________
_____________________
Orientador:_____________________________________________________________
___________________________
Curso:
______________________________________________________________________
_____________________
Data Atividades realizadas Atividades a serem Assinaturas
desenvolvidas

Total de Presenças:
Encontros programados para o Total de Ausências:
semestre: ___________

Assinatura do Professor(a) Orientador(a): ____________________________________


FACULDADE BRASILEIRA 23
Credenciada pela Portaria/MEC No 259 de 11.02.1999 – D.O.U. de 17.02.1999

APENDICE E – DECLARAÇÃO DE ACEITE DO PROFESSOR ORIENTADOR

DECLARAÇÃO

Eu, __________________________________________________________________
professor (a) orientador (a) do Curso de:
____________________________________________________________________de
claro que o (s) Aluno (s)_________________________________________________
______________________________________________________________________
_________________________________________________________ serão meus
orientandos.
Tema do artigo:
______________________________________________________________________
______

Assinatura do Orientador: ______________________________________________

Vitória, _____ de _______________ de 2017

Rua José Alves, 301 – Bairro Goiabeiras – Vitória – ES – Cep: 29075-080 | Fone: (27) 3335-5666
FACULDADE BRASILEIRA 23
Credenciada pela Portaria/MEC No 259 de 11.02.1999 – D.O.U. de 17.02.1999

APENDICE F – DECLARAÇÃO DE ACEITE DO ORIENTADOR

DECLARAÇÃO

Eu, __________________________________________________________________
professor (a) orientador (a) do Curso de ______________________________________
________________________________declaro que o (s) Aluno (s)_________________
______________________________________________________________________
_________________________________________________________ realizou (aram)
todas as alterações solicitadas pelos membros da banca, podendo então entregar a via
em CD-ROM no dia ___/___/20__, solicitada no dia ___/____/20__.

Assinatura do Orientador: ______________________________________________

Vitória, _____ de _______________ de 20__

Rua José Alves, 301 – Bairro Goiabeiras – Vitória – ES – Cep: 29075-080 | Fone: (27) 3335-5666
FACULDADE BRASILEIRA 23
Credenciada pela Portaria/MEC No 259 de 11.02.1999 – D.O.U. de 17.02.1999

APÊNDICE G – COMPROVANTE DE PRESENÇA NAS ORIENTAÇÕES

COMPROVANTE DE PRESENÇA NAS ORIENTAÇÕES


DA DISCIPLINA DE TCC
Nome do Aluno
Horário de Horário de Orientação
Orientação (início) (término)
Data de
Ass. do Professor
orientação

COMPROVANTE DE PRESENÇA NAS ORIENTAÇÕES


DE PROJETO INTEGRADOR
Nome do Aluno
Horário de Horário de Orientação
Orientação (início) (término)
Data de
Ass. do Professor
orientação

Rua José Alves, 301 – Bairro Goiabeiras – Vitória – ES – Cep: 29075-080 | Fone: (27) 3335-5666