You are on page 1of 2

a.

Ficha de Inscrição para a Seleção (obtido no site  Comprovação de publicação (ou aceitação) de, no mínimo, dois
PSICOLOGIA EXPERIMENTAL http://www.ip.usp.br - Pós-Graduação );
b. Uma foto 3x4 (atual);
artigos em revista científica com corpo editorial reconhecido e
indexada em sistema referencial adequado, ou dois capítulos de livro
c. Uma cópia autenticada (ou cópia acompanhada do original) do RG com ISBN e política de revisão por pares atestada.
A área de Concentração em Psicologia Experimental foi autorizada pela Câmara de
(ou RNE, se estrangeiro), CPF, Título de Eleitor e Certificado Militar.
Pós Graduação do CEPE (Processo 4109-70), em 07/05/1970, para funcionar em Inscrição por procuração: Candidatos impossibilitados de efetuar a
Atenção: não será aceita a Carteira Nacional de Habilitação (CNH),
nível de Mestrado e em 21/01/1974, em nível de Doutorado. Em 05/12/1980,
nem CRP ou documento similar; inscrição pessoalmente poderão constituir representantes, bastando, para
estes níveis foram credenciados pelo Conselho Federação da Educação (Processo
d. Comprovante de titulação: O documento original ou a cópia devem tanto, emitir autorização por escrito e assinada (não há necessidade de ser
CFE 2333/79) e foram recredenciados conforme o parecer CFE 509/86 e Proc.
CAPES, 23.038.003.788/85-38. O Programa conta com cotas de bolsas da CAPES e conter o carimbo da Instituição: apresentar cópia do diploma, lavrada em cartório).
do CNPq. Foi avaliado com nota 7 pela CAPES nas ultimas cinco avaliações - 2001 devidamente registrado ou certificado com a data de conclusão do
até 2016. São desenvolvidos trabalhos em quatro linhas de pesquisa, nas quais os curso de graduação, constando a data de colação de grau obtido em Candidatos estrangeiros ou de outra região do
alunos podem se inserir. curso oficialmente reconhecido, não se aceitando para esse fim país poderão realizar a prova escrita de
diploma obtido em licenciatura curta;
CALENDÁRIO DE INSCRIÇÕES e. Cópia autenticada (ou cópia acompanhada do original) do Histórico
conhecimentos em sua instituição de ensino de
Escolar. origem, indicando esse requerimento no ato da
DATA E HORÁRIO PROGRAMAÇÃO f. Certificado de proficiência em língua estrangeira (cf. item inscrição por meio de uma carta direcionada a
Inscrições para o exame de proficiência em específico). CCP indicando a instituição de origem e um
Inglês abertas até o dia 10/10 às 13hs, g. Pagamento da taxa de inscrição (R$ 200,00). Será emitido boleto
10 de outubro às 13h impreterivelmente. para pagamento no banco. potencial professor responsável pela aplicação
http://clinguas.fflch.usp.br/content/profici%C3 Mestrado: da prova.
%AAncia-em-ingl%C3%AAs  Carta do docente credenciado no programa mencionando que
poderá orientar o projeto; CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PROGRAMA
Exame de Proficiência em Inglês
 Três vias do Currículo Lattes (acesse o site www.cnpq.br –
Cidade Universitária, campus Butantã  Todas as etapas do processo seletivo são eliminatórias,
17 de outubro, 14:30h Plataforma Lattes, cadastre seu currículo online e envie-o ao CNPq.);
(o local será informado aos candidatos inscritos  Três exemplares impressos do Projeto de Pesquisa detalhado e uma sendo necessária uma nota igual ou superior á 7,0 para
através do e-mail de confirmação de inscrição) cópia digital (CD). aprovação na etapa de prova de conhecimentos e de
26 de outubro Gabarito da prova de inglês Doutorado com título de mestre: entrevista.
 Carta do docente credenciado no programa mencionando que
Divulgação do Resultado do Exame de poderá orientar o projeto; PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA: A proficiência em língua
01 de novembro
Proficiência em Inglês.  Três vias do Currículo Lattes (acesse o site www.cnpq.br – inglesa é exigida no momento da inscrição e poderá ser demonstrada, pela
Plataforma Lattes, cadastre seu currículo online e envie-o ao CNPq.); obtenção do grau “Suficiente” emitido pelo Centro de Línguas da FFLCH/USP
06 e 07 de novembro Inscrição para a seleção de candidatos ao  Três exemplares impressos do Projeto de Pesquisa detalhado e uma em prova aplicada aos candidatos ao Programa de Pós-Graduação em
10h às 11h30 e das Programa de Pós-Graduação em Psicologia cópia digital (CD); Psicologia Experimental. O ALUNO DEVERÁ SOLICITAR DISPENSA, CASO
13h30 às 16h Experimental do Instituto de Psicologia.  Cópia autenticada do Histórico escolar do Curso Superior; do TENHA FEITO EXAME NO CENTRO DE LINGUAS DA FFLCH/USP EM 2016 e
Diploma do Curso Superior; Histórico escolar do Mestrado e 2017.
08 a 10 de novembro Análise da documentação pela CCP-PSE. Diploma do Mestrado; Estão isentos da prova de proficiência os candidatos que tenham realizado
 Um exemplar da Dissertação de Mestrado; exame nos seguintes institutos com antecedência máxima de cinco anos da
Divulgação dos candidatos aptos para a prova  Comprovação sobre credenciamento do Curso junto à CAPES (em data do processo seletivo e respeitando-se as pontuações indicadas: TOEFL –
13 de novembro
de Conhecimentos Básicos caso positivo); Pontuação Mínima: Internet-based 80 pontos ou Paper-based 550
 Comprovação de publicação (ou submissão de publicação) de, no pontos. IELTS - Pontuação Mínima: 5,5 pontos. TEAP (*) – Pontuação
24 de novembro Mínima: Mestrado e Doutorado 70 pontos (válido por 2 anos). Os candidatos
mínimo, um artigo em revista científica com corpo editorial
Bloco F – sala 8 Prova de conhecimentos básicos. reconhecido e indexada em sistema referencial adequado, ou um deverão anexar à documentação uma cópia desta certificação. Outros
9h às 12h capítulo de livro com ISBN e política de revisão por pares atestada. exames de proficiência, por exemplo de outras IES, e respectivas notas
Divulgação do Resultado da Prova de Doutorado sem obtenção do Título de Mestre mínimas poderão ser analisados pela CCP mediante solicitação do
01 de dezembro  Carta do docente credenciado no programa mencionando que poderá estudante antes do dia primeiro de novembro.
Conhecimentos Básicos.
orientar o projeto; Aos alunos estrangeiros, além da proficiência em língua inglesa, é exigida
Entrevista do candidato com a Banca  Três vias do Currículo Lattes (acesse o site www.cnpq.br – Plataforma também a proficiência em língua portuguesa. A proficiência em língua
04 a 08 de dezembro
Examinadora. Lattes, cadastre seu currículo online e envie-o ao CNPq.); portuguesa poderá ser demonstrada, ou por meio da apresentação do
 Três exemplares impressos do Projeto de Pesquisa detalhado e uma Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros, CELPE-
13 de dezembro Divulgação do Resultado Final.
cópia digital (CD); BRAS, nível intermediário ou superior ou por aprovação em prova a ser
05 e 06 de Fevereiro de  Justificativa circunstanciada emitida pelo futuro orientador. aplicada pela Comissão Examinadora indicada pela CCP, devendo ser
Matrícula.
2018  Cópia autenticada do Histórico escolar do Curso Superior e do aprovado com conceito mínimo “6,0”. Ao aluno estrangeiro que demonstrar
Diploma do Curso Superior; a proficiência em língua portuguesa no Mestrado, não será exigido o exame
DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO
no Doutorado
Em nenhuma hipótese serão aceitas inscrições de
candidatos com documentação incompleta.
(*) TEAP – Test of English for Academic Purposes. Exame desenvolvido e decifrabilidade de qualquer palavra escrita. São Paulo, SP: Mennon.
administrado pela empresa TESE Prime Sistemas de Avaliação Linguística. CAMPBELL, D. T. & STANLEY (1979). Delineamentos experimentais e quase-
(www.teseprime.org) experimentais de pesquisa. São Paulo, EPU, Edusp.
PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTOS NA ÁREA ESCOLHIDA: COZBY, P. C. (2003). Métodos de pesquisa em ciência do comportamento.
O candidato responderá questões sobre conhecimentos na área (bibliografia São Paulo: Atlas.
básica, diferenciada por linha de pesquisa e orientação). EYSENCK, M. W. & KEANE, M. T. (1990). Cognitive psychology: a student’s
ENTREVISTA: Após a aprovação nas provas de proficiência em língua handbook. Lawrence Erlbaum.
estrangeira e de conhecimento básico, o candidato será avaliado pela STERNBERG, R. J., Barnes, M. L. (1988): The psychology of love. Birghamton.
Comissão Examinadora visando a análise de seu projeto de pesquisa por Yale University Press.
meio de exame da adequação da apresentação e justificativa do problema a LINHAS DE PESQUISA E ORIENTAÇÃO
ser estudado, o encaminhamento metodológico, a pertinência das Análise do Comportamento: Investiga problemas conceituais e
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
referências bibliográficas e a compatibilidade com as linhas de pesquisa do
Programa.
metodológicos na análise experimental do comportamento, relacionados à
aprendizagem operante e respondente, com temas referentes ao
Instituto de Psicologia
Bibliografia para a prova de conhecimentos básicos: comportamento verbal, cultura, formação de classes de equivalência,
comportamento e observação, variabilidade comportamental, desamparo
Análise do Comportamento. aprendido, interação de drogas e contingências ambientais, além de modelos
CATANIA, A. C. (1999). Aprendizagem: Comportamento, Linguagem e animais de psicopatologias. Esses projetos de pesquisa são desenvolvidos
Cognição. Porto Alegre: ArtMed Editora (Tradução da 4ª Edição Americana). com animais e/ou humanos.
SKINNER, B. F. (1974). About Behaviorism. New York, Virtage BooKs. Docentes: Gerson Yukio Tomanari, Marcelo Frota Benvenuti, Maria Helena
Leite Hunziker, Maria Martha Costa Hübner, Miriam Garcia Mijares, Paula
Programa de Pós-Graduação em
SKINNER, B. F. (1969). Contingencies of Reinforcement: a Theoretical
Analysis. New York, Appleton – Century Crofts. Debert. Psicologia Experimental – PSE
Comportamento Animal e Psicologia Evolucionista. Comportamento Animal e Etologias Humana: Sob abordagem Seleção
ALCOCK, J. (1994). Animal Behavior: an Evolutionary Approach. 5o ed. etológica e comparativa, trata do estudo naturalístico do comportamento em
Sinawer Ass., Sunderland, Mass. termos de causação, ontogênese, função adaptativa e evolução. São 1º. Semestre de 2018
CRAWFORD, C.E KREBS, D.L. (1998). Handbook of evolutionary Psychology. analisados os sistemas motivacionais e os efeitos da experiência individual,
Londres: Lawrence Erlbaum Associates. assim como características do desenvolvimento quanto à flexibilidade e Coordenador: Prof. Associado Nicolas Gérard Châline
Dancey, C. P. & Reidy, J. (2013) Estatística sem matemática para Psicologia. predisposições na ontogênese do comportamento. Constitui-se como centro
5ª edição. Porto Alegre: Penso. de desenvolvimento da perspectiva evolucionista na Psicologia, com
Otta, E., Yamamoto, M.E. (2009). Psicologia Evolucionista. Guanabara implicações para a compreensão dos processos básicos e para a aplicação em Vice Coordenador Prof. Dr. Danilo Silva Guimarães
Koogan. educação e saúde.
Yamamoto, M.E., Volpato, G. (2011). Comportamento Animal. 2ª edição. Docentes: Briseida Dogo de Resende, Carine Savalli Redigolo, Eduardo
Natal : EDUFRN. Benedicto Ottoni, Emma Otta, Jaroslava Varella Valentová, José de Oliveira Membros Titulares: Profa. Dra.Paula Debert
Problemas Teóricos e Metodológicos da Pesquisa Psicológica. Siqueira, Nicolas Châline, Patrícia Izar Mauro, Vera Silvia Raad Bussab. Profa. Dra Daniela Maria Oliveira Bonci
FIGUEIREDO, L. C. M. (1991). Matrizes do pensamento psicológico. Problemas Teóricos e Metodológicos da Pesquisa Psicológica:
Petrópolis, Vozes. Estuda a construção de teorias em Psicologia; gênese histórica e conceitual
FIGUEIREDO, L. C. M e COELHO JÚNIOR, N. E. (2000). Ética e Técnica em da psicologia; problemas históricos e metodológicos da pesquisa em Profa. Associada Lívia Mathias Simão
Psicanálise. São Paulo: Escuta; psicologia; planejamento experimental e análise de dados; análise histórico- Profa. Dra. Christina Joselevitch
HILLS MILLER, J. (1995) A ética da leitura. Rio de Janeiro: Imago; científica das principais teorias da psicologia científica e de proposições em Membros Suplentes: Profa. Dra. Briseida Dogo de Resende
OGDEN, T. (1996) Os sujeitos da Psicanálise. São Paulo: Casa do Psicólogo. relação ao objeto e ao método da psicologia; análise e gênese histórica e
Profa. Titular Maria Martha Costa
SIMÃO, L. M. e VALSINER, J. (2007) (Orgs.) Otherness in Question: Labyrinths conceitual da psicologia e da psicanálise.
Hübner
of the Self. Charlotte: Information Age Publishing. Docentes: Dr(a)s.: Danilo Silva Guimarães, Lívia Mathias Simão, Luís Cláudio
SIMÃO, L. M. (2010) Ensaios Dialógicos: compartilhamento e diferença nas Mendonça de Figueiredo, Nelson Ernesto Coelho Júnior.
relações eu-outro. São Paulo: HUCITEC. Sensação, Percepção e Cognição: Estudo de percepção, memória e
Valsiner, J. (2012) Fundamentos da Psicologia Cultural: Mundos da Mente, cognição por meio de relatos verbais, aspectos neurobiológicos e outros
Mundos da Vida. São Paulo: Artmed. indicadores; aspectos motivacionais dos processos cognitivos; interação
Sensação, Percepção e Cognição. verbal e construção de conhecimento; neuropsicolinguistica cognitiva
Purves D, Augustine G, Fitzpatrick D. Chapter Ten. Vision: The Eye. In: experimental; processos envolvidos no desenvolvimento da linguagem e seus
Neuroscience, Sinauer Associates, Sunderland (MA), 2001. P. 229-258. distúrbios; estudo dos processos sensoriais, com ênfase no sistema visual;
Capovilla, F.C., Raphael, W.D., Mauricio, A.C. (2013). Novo Deit Libras: Novo desenvolvimento sensório-perceptual; drogas e comportamento.
Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilíngue da Língua de Sinais Brasileira, vols Docentes: Christina Joselevitch, Daniela Maria Oliveira Bonci, Dora Selma
1 e 2. (3ª. Edição). São Paulo, SP: Edusp. Fix Ventura, Fernando César Capovilla, Marcelo Fernandes da Costa, Mirella
Capovilla, F.C., Casado, K. (2014). Quebrando o código do Português Gualtieri.
Brasileiro: como calcular a cifrabilidade de qualquer palavra falada e a