You are on page 1of 8

0

Ana Armando Mapsanganhe

Empregabilidade

Relações Públicas e Liderança

Centro de Wake Up
Xai-Xai
2016
1

Índice

1. Introdução ................................................................................................................................ 2
2. Formação ................................................................................................................................. 3
2.1. Formação académica ........................................................................................................ 3
2.2. Quais cursos fazem parte das formação académica ......................................................... 3
3. Formação complementar ......................................................................................................... 3
4. Formação profissional ............................................................................................................. 4
4.1. Como inserir a experiencia profissional ....................................................................... 4
4.2. Actividades e resultados para conquistar o entrevistador ............................................. 4
5. Relacionamentos (Networking) ............................................................................................... 5
6. Conclusão ................................................................................................................................ 6
7. Bibliografia .............................................................................................................................. 7
2

1. Introdução
3

2. Formação

O conceito da formação deriva da palavra latim Formation. Trata-se da acção e do efeito de


formar ou de se formar (dar forma a constituir algo ou, tratando-se de duas ou mais pessoas ou
coisa, compor o todo do qual são partes)

2.1. Formação académica

Bom curriculum, vamos falar sobre a formação académica, que é um dos pontos-chave de
qualquer curriculum, saber trabalhar esse tópico pode ser um grande trunfo quando seu
curriculum chegar as mãos de um entrevistador

Após anos de luta e muito estudo, principalmente estudo, eis que seu esforço não pode ser
desperdiçado e deve ser inserido da maneira correcta.

2.2. Quais cursos fazem parte das formação académica

Dentro da formação académica entra a formação básica, ensino fundamentar, médio, cursos
técnicos, cursos superiores, da graduação ao doutorado.

Dicas:

O ensino fundamental, médio pode ser omitidos se você tem muitos cursos no curriculum, cursos
de extensão também são extremamente importantes para seu curriculum vão em outra área, a de
cursos extracurriculares.

Para colocar qualquer formação académica no curriculum, deve apenas colocar quatro dados:

 Nome da instituição;
 Curso realizado;
 Data do inicio; e data de conclusão;
 Período (se ainda não tiver sido concluído).

3. Formação complementar

O campo formação complementar é frequentimente peenchido por eventos diversos, que vão
desde palestras até os demais.
4

O item “formação complementar” é destinado ao cadastro de programas de formação,


aperfeçoamento e actividades de extensao que não sejam cursos academicos formais (curso de
extensão, curso de formação profissional, oficinas, cursos de linguaS, etc.)

O icon que aponta para o CV do orientador é gerado automaticamente através do cruzamento das
formações fornecidas pelo orientado e pelo orientador em seus CV’s. devido ao facto desse
cruzamento de dados funcionar como uma validação dessas informações, não é permitido ao
usuário incluir ou retirar o link manualmente.

4. Formação profissional

Um dos principais itens do curriculum que pode fazer um grande diferencial frente ao recrutador,
afinal hoje em dia cada vez mais vemos as empresas batendo na tecla da experiencia.

4.1. Como inserir a experiencia profissional

As experiencias profissionais devem ser inseridas em ordem cronológica a partir da mais recente
para mais antiga. Se tiver muitas experiencias e não houver espaça para todas elas, coloque as
mais relevantes para a vaga em questão, isso deixa o que realmente importa mais em evidência,
sem que o seleccionador tenha que ler coisas inúteis e deixe passar o que ele devia encontrar.

A primeira informação é o nome da empresa, em seguida o cargo, a data de inicio e fim do


vínculo com a empresa, se for o emprego actual não precisa de data de saída. É importante
destacar situações como efectivação e promoções, tais situações evidenciam que realizou um
bom trabalho na empresa. Se a empresa em que trabalhou não for conhecida, pode indicar o ramo
de actuação ou o trabalho realizado, mas isso de forma bastante concisa, objectiva, algo que se
resolva em uma ou duas linhas.

4.2. Actividades e resultados para conquistar o entrevistador

A parte mais importante que pode conquistar um entrevistador é dos argumentos mais forte de
um curriculum, as tarefas realizadas na empresa, pode escreve-las em texto corrido ou listas,
particularmente refere-se quando são feitas em listas, fica com uma aparência mais limpa e
facilita a visualização.
5

5. Relacionamentos (Networking)

Quem conhece muitas pessoas e cultiva uma rede de relacionamentos pode contar com uma
grande ajuda para conseguir abrir portas.
Todos os problemas humanos se resolvem com seres humanos, desde que você cultive bons
relacionamentos e saiba onde estão as pessoas. Quem conhece pessoas adquire informações e
quem tem informações tem acesso, logo, outro grande património de um profissional é o seu
relacionamento. Uma pessoa cuidadosa registra seus relacionamentos, cultiva-os, mostra-se
solidária, atenciosa e prestativa. Sempre que tomamos a iniciativa de cumprimentar as pessoas,
de nos lembrarmos dela, de enviar-lhe algum presente ou até de visitá-la, estaremos tratando bem
do capital social, combatendo a inflação do esquecimento, da indiferença, do descuido, da frieza
(MANES RH, 2013).
Uma pessoa cuidadosa registra seus relacionamentos, cultiva-os, mostra-se solidária, atenciosa e
prestativa para com as pessoas que conhece. Assim procedendo, poderá contar com elas quando
houver uma necessidade.
Normalmente, não nos damos conta do valor dos relacionamentos, deixamos de registrá-los e
cultivá-los. Por não dar atenção aos relacionamentos, é possível que se fique sem jeito de utilizá-
los quando precisarmos (MINARELLI, 2010. p. 59).
O capital social é gratuito, vai sendo depositado diariamente e aumenta à medida que nos
encontramos abertos a relacionamentos, à medida que expusermos, conversamos, frequentarmos,
à medida que nos interessarmos pelo outro (MINARELLI,
2010).
Quem adopta esta atitude de valorização, de preocupação, que pode até passar por "interesseira"
saudavelmente interesseira , quando guarda e cuida bem dos relacionamentos, você profissional,
torna-se possuidor de um importantíssimo pilar, principalmente nos momentos críticos (MANES
RH, 2013).
6

6. Conclusão
7

7. Bibliografia

MINARELLI, J. A. Superdicas de networking para sua vida pessoal e profissional. 1ª Edição.


São Paulo: Saraiva 2010.
MANES RH. Os Seis Pilares da Empregabilidade. Disponível em:
<http://www.manesrh.com.br/br/noticias-artigos/ler/76/os_seis_pilares_da_empregabilidade>
Acessado em: 7 de outubro de 2013.