You are on page 1of 2

MEMORIAL DESCRITIVO DE PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

01. Generalidades:
Estas especificações referem-se ao projeto elétrico de um prédio de alvenaria com finalidade residencial
localizado a Rua Mato Grosso à 25 metros da Pedro Thorstemberg, Centro, em Ijuí, de propriedade de SULCON
Engenharia e Construções e objetiva complementar as informações necessárias à execução do mesmo.

02. Relação de Plantas:


EL-01: Pavimento Térreo, Tipo (2º ao 4º) e Detalhes;
EL-02: Entrada de Energia, Medição, Planta de Situação e Detalhes.

03. Procedimento e cálculo:


O sistema de distribuição e os cálculos em baixa tensão foram efetuados conforme as seguintes normas e
regulamentos:
- Regulamento das Instalações Consumidoras de BT - RIC/DEMEI (2004);
- Execução das Instalações Elétricas de Baixa Tensão - NBR-5410/2005.

04. Sistema elétrico:


O sistema elétrico considerado foi de 380/220 V - 60 Hz.

05. Entrada de energia:


A entrada será subterrânea, devendo ser executada conforme projeto, prevendo-se a instalação de 01 (um) duto
de PVC de Ø 60 mm ao longo de todo o percurso subterrâneo. Próximo ao poste da Concessionária, na travessia
da rua e na calçada em frente ao local previsto para a derivação da entrada da medição será instalado caixas de
passagem de alvenaria, com tampa de concreto e dispositivo de drenagem, de dimensões representadas no
projeto.
Junto ao poste referenciado será instalado um eletroduto de ferro galvanizado de Ø 50 mm, fixado ao mesmo
através de abraçadeiras metálicas.

06. Medição:
Será instalada uma caixa em madeira em parede interna e abrigada da edificação, conforme indicações em
projeto, de dimensões internas (290x180x25) cm, que abrigará 16 medidores de energia ativa, todos monofásicos,
correspondentes às unidades residenciais, e 01 medidor monofásico para o serviço do condomínio, seus
respectivos disjuntores parciais, monopolares, uma caixa de entrada e distribuição (CED) com disjuntor geral de
alavanca exposta de 3x50 A nominal.
Junto aos bornes dos medidores serão aterrados o neutro do sistema, através de condutor de seção 10,0 mm²,
isolado para 750 V, e bastões tipo copperweld de 3/4"x 2.400 mm em quantidade suficiente para que a resistência
do sistema não ultrapasse aos 25 Ohms em qualquer época do ano. Tal aterramento deverá ser interligado ao
barramento do sistema de aterramento do condutor de proteção, se seção 10,0 mm² constituindo-se em um único.

07. Circuitos de distribuição:


Os circuitos alimentadores das dezessete (17) unidades de consumo foram dimensionados para que a queda de
tensão não ultrapasse a 2% enquanto que, a partir das caixas de distribuição, os circuitos terminais de iluminação,
tomadas e aparelhos individuais terão queda máxima não superior a 3%.

08. Materiais a empregar:


Todos os materiais a serem empregados deverão atender as prescrições das normas técnicas da ABNT que lhes
forem cabíveis.
a) eletrodutos - deverão ser de PVC rígido, classes A ou B, de diâmetro externo mínimo de 20 mm, salvo
indicação em projeto;
b) curvas e luvas - com características idênticas aos eletrodutos;
c) buchas e arruelas - serão de alumínio fundido e apropriado aos eletrodutos;
d) caixas de passagem e derivação - serão estampadas, com orelhas fazendo corpo com a caixa, esmaltadas
com tinta anti-óxida e com orifícios apropriados a interligação dos eletrodutos;
e) interruptores e tomadas - serão das marcas Pial ou Btcino, com espelhos, 10 A, 220 V, com exceção as
tomadas especiais para aparelhos que deverão suportar um mínimo de 20 A;
f) condutores - serão utilizados condutores de cobre eletrolítico, isolados para 750 V, tipo Afumex, da Prysmian,
ou similar da Ficap, nas instalações normais e, isolados para 1,0 KV, nas instalações subterrâneas. Os fios e/ou
cabos elétricos de qualquer seção, deverão ter seus isolamentos nas seguintes cores:
- condutores fase: branco, preto e vermelho
- condutor neutro: azul claro
- condutor terra ou proteção: verde ou verde-amarela
Em hipótese alguma deverão ser utilizados condutores com isolamentos nas cores azul e verde para condutores
fase. Excepcionalmente, poderão ser utilizados condutores em outras cores, caso não haja no momento de
execução colorações adequadas, fornecidas pelo fabricante, para o tipo de isolamento requerido.
g) disjuntores - preferencialmente serão do modelo tipo alemão, 240/340 V, nas características de amperagem
identificadas em projeto;
h) luminárias e lâmpadas - as luminárias serão de escolha do proprietário apropriadas para utilização de
lâmpadas fluorescentes, incandescentes e tubulares, preferencialmente da marca Philips.

09. Execução dos serviços:


a) eletrodutos - as ligações dos eletrodutos entre si deverão ser executadas através de luvas rosqueadas
aproximando-os ate que se toquem. Os mesmos deverão ser cortados perpendicularmente ao seu eixo retirando-
se as rebarbas e, quando instalados em lajes ou paredes ter as suas extremidades vedadas impedindo a entrada
de materiais estranhos. Sempre que possível, deverão ser assentados em linha reta.
b) condutores - a enfiação dos condutores deverá ser efetuada nas redes dos eletrodutos após a conclusão e
secagem das mesmas bem como a limpeza das caixas. Todas as emendas deverão ser feitas nas caixas,
revestidas com fitas de autofusão e fitas plásticas isolantes de modo a reconstituir o isolamento original.

10. Observações complementares:


Eventuais alterações de projeto deverão ser comunicadas ao responsável técnico pelo projeto e ter a sua prévia
concordância.
Detalhes omissos neste memorial ou no projeto deverão ser executados conforme as normas e regulamentos da
Concessionária e da ABNT.

Ijuí, março de 2009.

Res. Téc. Projeto: _________________________________________________________________________

Proprietário: ______________________________________________________________________________