You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ – UESPI

CAMPUS PROF. ALEXANDRE ALVES DE OLIVEIRA


CURSO: LICENCIATURA EM HITÓRIA-BLOCO IV
DISCIPLINA: PRÁTICA PEDAGOGICA
PROFESSOR: MARTA ROVAI

DIEGO STÉFANO

SÍNTESE DOS PCN’S DE HISTORIA: TERCEIRO CICLO

PARNAÍBA-PI
2013
Ensino e aprendizagem
A partir do terceiro ciclo, considera-se que para a atividade docente o professor deva levar em
conta a somatória das experiências cotidianas dos alunos, assim, priorizar os conteúdos que
fazem parte de sua realidade recheada de informações fragmentadas advindas dos meios de
comunicação e a própria cultura que o rodeia. Sugere-se, ainda, que o professor trabalhe com
a concepção de Historia do cotidiano no intuito de desenvolver nos alunos a habilidade
distinguir as experiências diárias de seu tempo em relação à de outras sociedades em dado
tempo estudado.

Conteúdos para o terceiro ciclo


“Para o terceiro ciclo está sendo proposto o eixo temático História das relações sociais, da
cultura e do trabalho que se desdobra nos dois subtemas As relações sociais e a natureza e As
relações de trabalho.” Essa proposta leva em consideração as mais variadas possibilidades
temáticas a serem trabalhadas em sala de aula sobre a ação do homem no tempo, das
primeiras formas de produzir o alimento, da relação do homem com a natureza às formas de
trabalho das primeiras sociedades que se desenvolveram.

Eixo temático: história das relações sociais, da cultura e do trabalho


Este eixo temático se dispõe ao estabelecimento de relações da realidade histórica brasileira e
outras partes do mundo, possibilitando ao aluno perceber-se diante grupos sociais diversos e
entender os processos de transformações que levou a sociedade ao que é hoje. Os subtemas
devem ater-se a questões históricas que persistem no tempo presente, de acordo com cada
realidade enfrentada nas salas de aula. “A partir daí, devem ser selecionados conteúdos da
História brasileira, da História da América, da Europa, da África e do Oriente e articulados em
uma organização que permita ao aluno questionar, aprofundar, confrontar e refletir sobre as
amplitudes históricas da realidade atual, como são construídos os processos dinâmicos e
contraditórios das relações entre as culturas e os povos.”

Critérios de avaliação
Os critérios de avaliação devem estar em sintonia com o as trocas de experiências entre
professor e alunos no processo de ensino aprendizagem, na intercessão entre o antes e o
depois dos conteúdos expostos. A avaliação apresentar-se, também como uma oportunidade
do professor refletir sobre seus métodos e intervenções didáticas durante o período letivo.