You are on page 1of 2

Código: GNE111

Revisão: 2
Emissão: 16/05/2016
Página: 1/2

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CARGA HORÁRIA
CÓDIGO DENOMINAÇÃO CR.
TEÓRICA PRÁTICA TOTAL

GNE111 Teoria das Estruturas 4 34 34 68

EMENTA
Verificação do comportamento estático de peças estruturais submetidas à carregamentos e vinculadas à apoios, com determinação
das reações de apoio e de esforços solicitantes.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS ESTRUTURAS
1.1 Conceitos básicos ? definição de estrutura; função; tipos (vigas simples e Gerber, treliças, pórticos, grelhas, arcos, sistemas em
cabos); classificação; exemplos de estruturas planas e espaciais;
1.2 Carregamentos ? tipos (concentrados e distribuídos); ocorrências; resultantes; ponto de aplicação; exemplos;
1.3 Vinculação ? tipos de apoios; graus de liberdade de movimento; exemplos;
1.4 Esforços internos ? definição de esforços normais, cortantes, momentos fletores e torçores; ocorrência; tipos; exemplos.

2. ESTRUTURAS ISOSTÁTICAS
2.1 Conceitos; diagrama de corpo livre;
2.2 Determinação das reações de apoio (equações fundamentais da estática) ? vigas, pórticos, treliças, grelhas;
2.3 Treliças planas e espaciais ? determinação de esforços axiais internos nas barras (Método dos nós e Método das seções);
traçado de diagramas de esforços normais;
2.4 Vigas ? determinação de esforços internos; traçado de diagramas;
2.5 Pórticos ? determinação de esforços internos; traçado de diagramas;
2.6 Grelhas ? determinação de esforços internos; traçado de diagramas.

3. PRINCÍPIO DOS TRABALHOS VIRTUAIS ? PTV


3.1 Trabalho externo e energia de deformação; princípio do trabalho e energia;
3.2 Aplicações do PTV ? exemplos em vigas e pórticos.

4. ESTRUTURAS HIPERESTÁTICAS
4.1 Conceito
4.2 Método das Forças para treliças;
4.3 Método dos Deslocamentos para pórticos;
4.4 Método de Cross para vigas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

- BEER, F. P.; DEWOLF, J. T.; RUSSEL JOHNSTON JR., E.; MAZUREK, D. F. - Estática e Mecânica dos Materiais. Bookman,
2013.
- HIBBELER, R. C. - Estática: Mecânica para Engenharia - vol.1 - 12ª edição. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.
- MACHADO JR., E.F. - Introdução à isostática. São Carlos, EESC-USP-Projeto Reenge, 2007

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

- BEER, F. P.; RUSSEL JOHNSTON JR. - Mecânica Vetorial para Engenheiros: Estática. Makron Books, 1999.
- AMARAL, O. C. - Estruturas Isostáticas. 6ª Edição. Belo Horizonte: Engenharia e Arquitetura. 1992.
- MARTHA, L. F. - Análise de Estruturas. Rio de Janeiro: Campus, 2010.
- SORIANO, H. L. - Estática das Estruturas. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2010.
- SÜSSEKIND, J. C. - Curso de Análise Estrutural. Rio de Janeiro: Científica, 1983. v. 1.
- GORFIN, B.; OLIVEIRA, M. M. Estruturas Isostáticas. Rio de Janeiro: LTC, 1983.

1/2
Código: GNE111
Revisão: 2
Emissão: 16/05/2016
Página: 2/2

Esse documento foi gerado em 04/03/2018 às 00:16:27


Para verificar a autenticidade desse documento, basta acessar o link abaixo e localizar a referida disciplina.
https://sig.ufla.br/modulos/publico/matrizes_curriculares/index.php

2/2