You are on page 1of 1

FACULDADE DE TEOLOGIA

Disciplina: Escatologia
Professor: Padre Inácio
Aluno: Wilsekerdson da Silva Oliveira

AVALIAÇÃO DE ESCATOLOGIA

1 – O QUE ESTUDAMOS EM NOSSA DISCIPLINA?

Escatologia que é a disciplina teológica que estuda todos os fenômenos ligados às profecias
Bíblicas sobre o fim da era da Igreja e o vindouro Reino de Deus na terra. Porém, em sua
perspectiva bíblico-teológico não é cruzar os braços à espera do porvir, nem tampouco se
perder em especulações de detalhes insignificantes sobre o porvir, mas crer na chegada do
Senhor, permanecer em vigilância, além de realizar o que Ele nos confiou, assim deve ser a
nossa concepção e postura em relação à escatologia, sobre a vinda de Cristo.

2 – O QUE É MORRER PARA O CRISTÃO?

A morte é o fim da peregrinação terrestre do homem, do tempo de graça e de misericórdia


que Deus lhe oferece para realizar sua vida terrestre segundo o projeto divino e para decidir
seu destino último. Quando tiver terminado “o único curso de nossa vida terrestre”, não
voltaremos mais a outras vidas terrestres. “Os homens devem morrer uma só vez” (Hb 9,27).
Não existe “reencarnação” depois da morte.

3 – QUAL MENSAGEM ESCATOLÓGICA NESTES TEXTOS: Hb 9,27; Mt 25,1-13; Mt 25,31-


40.

“Os homens devem morrer uma só vez” (Hb 9,27). Ou seja, a morte encerra o “tempo de
graça e de misericórdia” que Deus oferece a cada um para realizar sua vida terrestre
segundo o projeto divino e para decidir seu destino último. Não existe reencarnação; ensina
a Igreja que: Quando tiver terminado “o único curso de nossa vida terrestre” (LG, 48), não
voltaremos mais a outras vidas terrestres.

Mt 25,1-13 Eles falam a respeito das coisas que ainda vão acontecer. Note que Jesus muda
a expressão “O Reino dos céus é”, para o “o Reino dos céus será” referindo-se ao ”dia do
Encontro” tão comentado pelos profetas como o dia “do Senhor”. Parece bastante claro que
o objetivo de Jesus era prevenir os seus discípulos e seus seguidores, acerca da seriedade
com que deveriam encarar estes dia. O dia em que estariam frente a frente com o Senhor.

Por outro lado Mt 25,31-40, nos mostra o caminho que nos indica o Senhor para
alcançarmos a vida eterna. Claro e tão exigente porque nos obriga a olhar e ver para além
de nós próprios e das nossas necessidades. Pois este é o exemplo que Jesus nos deixou
com a sua passagem no mundo, onde a atenção permanente ao próximo, o cuidado com o
próximo. Por isso temos de pedir ao Senhor que nos conceda esta capacidade de estar
atentos às necessidades dos outros e a fazer algo de concreto para tentar realizar.