You are on page 1of 3

Introdução

Algumas pessoas que tiveram um derrame ou um acidente vascular cerebral (AVC), Sem causa
conhecida como (AVC Criptagenico) têm um forame oval patente (FOP). Isso é uma espécie de
buraco no coração decorrente de um defeito congênito, que faz com que a parede interna que
separa o lado direito do lado esquerdo do coração não fica completamente fechada.

As pessoas com forame oval patente vir a ter novos derrames ou eventos semelhantes.

Fisiopatologia

Durante a embriogênese, a cavidade atrial primitiva vai ser dividida em átrios direitos e átrios
esquerdo para o desenvolvimento do septo interatrial.

Diagnostico do Forame oval patente (FOP)

A melhor forma de visualizar o FOP é através do ecocardiograma transtoracico (ETT)


Ecocardiograma intracardiaco

O ETT: Tem uma sensibilidade mais baixa principalmente em adultos.

O ETE: permite a perfeita visualização da anatomia do forame, seu diâmetro comprimento.

Além de visualizar o FOP é necessário também avaliar o fluxo da direita para esquerda como
possível facilitador emboligênico
O color doppler não é capaz de desmontar com segurança esse fluxo, por isso é utilizado
também um teste de bolhas.

Teste de Bolhas: é o teste realizado através de uma injeção periférica da solução produtora de
microbolhas que são facilmente visualizadas ao ecobidimensional

Estão também doenças relacionadas com o FOP tais como:

- Acidente vascular cerebral (AVC)

- Enxaquecas

- Sindrome descompressiva em mergulhadores (SDM)

- Sindome platipneia-orodeoxia (SPO)

- Aneurisma do septo atrial (ASA)

Tratamento

Segundo o Manual (Fechamento percutâneo do forame oval patente. Escrito por FRANCISO
CHAMIE, DANIEL CHAMIE, SERGIO RAMOS, JOÃO CARLOS TRESS e ROSAURA VICTER , lançado
em Rio de Janeiro Brazil) A melhor forma de tratar pacientes com FOP esta sob discussão.
Porem existem tratamentos realizados como:

-Tratamento medicamentos

- Tratamento cirúrgico

- Tratamento percutâneo transcateter

Tratamento Medicamentoso: Tradicionalmente as substancia mais utilizadas são a aspirina ou


a warfarina sódica.

O tratamento medicamentoso tem um risco de eventos embólicos recorrente de 2,3 a 14,4 %


Por ano. Taxa de recorrência anual para AVC e ocorrência de mortes é de 1,2 a 7,2% por ano

Tratamento Cirúrgico: A abordagem tradicional do fechamento percutâneo do FOP é a cirurgia


por meio da toracotomia.

A cirurgia pode ser realizada com baixo risco, uma vez que a mortalidade associada com
fechamento de um defeito do septo atrial não complicado é estimada em torno de 1,5%.

Tratamento Percutâneo Transcateter: Para este tipo de tratamento foram utilizadas varias
técnicas e varios dispositivos. Porem a técnica que prevaleceu foi o Amplatzer FOP Occuluder.
Esse implante foi foi realizado pelo seu criador o Dr. Kurt Amplatzer em 10 de setembro de 1997.