You are on page 1of 4

Profª.

: PAULO HENRIQUE
TESTE SEUS
CONHECIMENTOS Aluno(a):
Disciplina: BIOLOGIA
Ano: 1º ANO EM

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Preencha na tabela de respostas, a letra correspondente à alternativa escolhida, utilizando caneta


esferográfica azul ou preta, não serão aceitas respostas a lápis para as questões objetivas ou discursivas.

01. (FUVEST 2010)


Considere as seguintes características atribuídas aos seres vivos:
I. Os seres vivos são constituídos por uma ou mais células.
II. Os seres vivos têm material genético interpretado por um código universal.
III. Quando considerados como populações, os seres vivos se modificam ao longo do tempo.
Admitindo que possuir todas essas características seja requisito obrigatório para ser classificado como “ser
vivo”, é correto afirmar que:

a) os vírus e as bactérias são seres vivos, porque ambos preenchem os requisitos I, II e III.
b) os vírus e as bactérias não são seres vivos, porque ambos não preenchem o requisito I.
c) os vírus não são seres vivos, porque preenchem os requisitos II e III, mas não o requisito I
d) os vírus não são seres vivos, porque preenchem o requisito III, mas não os requisitos I e II
e) os vírus não são seres vivos, porque não preenchem os requisitos I, II e III

02. UEL 2012 Reconhecendo a importância da atmosfera para o equilíbrio térmico da Terra, é possível prever
que a modificação em sua composição pode acarretar um desequilíbrio na manutenção da vida. Realizar
amplos reflorestamentos no planeta é uma forma de reduzir o efeito estufa e conter o aquecimento global.
Este procedimento baseia-se na hipótese de que o aumento de áreas de florestas promove
a) absorção de CFC, gás responsável pela destruição da camada de ozônio.
b) aumento do gás carbônico no solo, diminuindo a emissão de gás metano para a atmosfera, causando
resfriamento da superfície terrestre.
c) maior disponibilidade de combustíveis fósseis, diminuindo o fenômeno da inversão térmica.
d) redução da radiação ultravioleta causada pela liberação de gás oxigênio, resultante do processo
fotossintético dos vegetais.
e) retenção do carbono pelas árvores, com diminuição do gás carbônico atmosférico, o qual acentua o efeito
estufa.

03. UNICAMP 2012


O mapa ao lado mostra a distribuição
global do fluxo de carbono. As regiões
indicadas pelos números I, II e III são,
respectivamente, regiões de alta, média e
baixa absorção de carbono.

Considerando-se as referidas regiões,


pode-se afirmar que os respectivos tipos de
vegetação predominante são:

a) I-FlorestaTropical; II-Savana; III-Tundra e


Taiga.
b) I-Floresta Amazônica; II-Plantações; III-
Floresta Temperada.
c) I-Floresta Tropical; II-Deserto; III-Floresta Temperada.
d) I-Floresta Temperada; II-Savana; III-Tundra e Taiga.
04. UFRN 2012
“A Caatinga cobre aproximadamente 825.143km2 do Nordeste e parte do Vale do Jequitinhonha, em
Minas Gerais, apresentando planícies e chapadas baixas. A vegetação é composta de vegetais lenhosos,
misturados com grande número de cactos e bromélias. A secura ambiental, pelo clima semi-árido, e sol
inclemente impõem hábitos noturnos ou subterrâneos. Répteis e roedores predominam na região. Entre as
mais belas aves estão a arara-azul e o acauã, um gavião predador de serpentes.”
Disponível
em:<http://ambientes.ambientebrasil.com.br/ecoturismo/potencial_ecoturistico_brasileiro/potencial_e
coturistico_brasileiro.html>. Acesso em 11 ago. 2011.

Sobre os aspectos ecológicos dos organismos citados no texto, pode-se afirmar que
A) o nicho ecológico do gavião está definido pelo seu papel de predador.
B) os vegetais lenhosos, cactos e as bromélias formam uma população.
C) os répteis e os roedores se alimentam de cactos e bromélias.
D) o nicho ecológico da arara-azul e do acauã é o mesmo nesse hábitat.

05. FUVEST
Analise as afirmações abaixo referentes aos seres vivos.
I. Relacionam-se e modificam o meio.
II. Reproduzem-se sexualmente.
III. Respondem aos estímulos do meio.
IV. Usam gás carbônico na produção de matéria orgânica.
São características comuns a todos os seres vivos:

a) I e II, apenas.
b) I, II e III, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.

06. UEL 2012


Analise a figura a seguir.

I. São formados em ambientes de transição


das águas fluviais para as águas oceânicas,
nas zonas
de contato entre terra e mar.
II. Trata-se de um domínio morfoclimático que
se desenvolve graças à biodiversidade
ambiental que
caracteriza as suas florestas.
III. Sua fauna representa importante fonte de
alimentos para o habitante, que depende deste
ecossistema para extrair seu meio de
subsistência.
IV. A ausência de legislação de proteção aos
manguezais resultou no seu desaparecimento
em escala
global.
Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.


b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.manguezais, considere as afirmativas a seguir.
07. UNIFAL O cerrado é uma região caracterizada pelos solos ácidos, que apresenta clima quente com
períodos alternados de inverno seco e verão chuvoso. A vegetação é constituída por árvores esparsas,
arbustos e gramíneas, e a fauna apresenta a capivara, que se alimenta de capim, e pode ser o alimento de
animais carnívoros, como a onça pintada. Considerando conceitos ecológicos e as informações
apresentadas, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O cerrado é um ecossistema brasileiro pertencente ao epinociclo, que corresponde ao conjunto de


ecossistemas terrestres.
b) As árvores, os arbustos e as gramíneas constituem os organismos produtores do ecossistema.
c) Na cadeia alimentar, a onça-pintada pertence ao nível trófico dos consumidores secundários.
d) Ocorre relação de predatismo entre a capivara (presa) e a onça-pintada (predador).
e) Nesse ecossistema, não ocorrem variações nem influência dos fatores abióticos sobre os organismos.

08. Ufrs Assinale a afirmação correta sobre os ecossistemas de água doce.


a) Lagos e lagoas constituem ambientes lóticos, pois não apresentam correntezas.
b) Nos lagos e lagoas, não são encontradas algas verdes, cianobactérias e diatomáceas.
c) Os rios são dependentes de matéria orgânica proveniente de outros ambientes.
d) Nos rios, a quantidade de sedimento diminui à medida que se aproxima a foz.
e) Lagos e lagoas eutróficas caracterizam-se por apresentar grande quantidade de oxigênio dissolvido.

09. G2 Os seres aquáticos podem se divididos em três grupos:

I. Organismos que nadam ativamente vencendo as correntes;


II. Organismos flutuadores que se deslocam passivamente na água;
III. Organismos do fundo, podem ser fixos ou rastejantes.

Os grupos I, II e III são denominados, respectivamente:


a) planctônicos, bentônicos e nectônicos.
b) planctônicos, nectônicos e bentônicos.
c) bentônicos, planctônicos e nectônicos.
d) nectônicos, planctônicos e bentônicos.
e) nectônicos, bentônicos e planctônicos.

10 UFJF 2012 modificada – A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) adquiriu, em 2009, uma grande
área de floresta urbana (Sítio Malícia – Mata do Krambeck) no município de Juiz de Fora, para implantação
de seu Jardim Botânico. Grande parte dessa área, que no passado (há pelo menos 50 anos) era cafezal e
pasto bovino, está ocupada, hoje, por cerca de 800.000m2 de floresta nativa, originada a partir do abandono
dessas atividades agrícolas. Considerando a localização da área e os processos ecológicos que atuaram na
regeneração florestal, responda às questões:

a) Essa área está inserida em qual bioma brasileiro?

b) Considerando a grande pressão exercida pelo homem nas florestas naturais, especialmente próximas a
ambientes urbanos, cite DOIS aspectos que ressaltam a importância dessa área como unidade de
preservação.

.
GABARITO
1.C
2.E
3.A
4.A
5.C
6.B
7.E
8.C
9.D
10. a) Essa área está inserida em qual bioma brasileiro?
Floresta (ou Mata) Atlântica.
b) Considerando a grande pressão exercida pelo homem nas florestas naturais, especialmente
próximas a ambientes urbanos, cite DOIS aspectos que ressaltam a importância dessa área como
unidade de preservação.
Conservação da biodiversidade (fauna e flora), regulação climática, banco genético para
reflorestamento, educação (e/ou conscientização) ambiental.