You are on page 1of 14

Projeto Ambienta

Rio: A escola faz a


diferença.
E/SUBE/CED/GPEC

Semana de Meio Ambiente


Mostra de Trabalhos de Educação Ambiental
das Escolas da Rede Pública Municipal de Ensino
Justificativa
A Secretaria Municipal de Educação vem formulando e
acompanhando iniciativas e projetos de Educação Ambiental
realizados pelas escolas do Sistema Público Municipal de
Ensino.

A abrangência das ações escolares abordará a temática


socioambiental, ratificadas pela Legislação Ambiental vigente
que incentivou a planejar ações que permitam a sensibilização
de alunos e professores para a discussão da temática ambiental
e também para a divulgação da pluralidade de iniciativas e
projetos que vêm sendo trabalhados nas escolas, em sintonia
com as Orientações Curriculares.
BASE legal
Constituição Federal art.225

Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum
do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à
coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

Art. 1.º Entendem-se por educação ambiental os processos por meio dos quais o
indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades,
atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem de uso
comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade.

Art. 2.º A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação


nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e
modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal.
Legislação Municipal – Lei
4791/2008
Art. 2º - Para os fins e objetivos desta Lei, define-se Educação Ambiental como um
processo contínuo e transdisciplinar de formação e informação, orientado para o
desenvolvimento da consciência sobre as questões ambientais e para a promoção de
atividades que levem à participação das comunidades na preservação do patrimônio
ambiental, sendo um meio de promover mudanças de comportamentos e estilos de vida,
além de disseminar conhecimentos e desenvolver habilidades rumo a sustentabilidade.

Art. 3º- A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação


municipal, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e
modalidades do processo educativo, em caráter formal e não formal.

Lei 4791
Art. 15 - A coordenação do Sistema Municipal de Educação Ambiental ficará a cargo de
um órgão gestor, na forma definida pela regulamentação desta Lei, com as seguintes
atribuições:

VIII – instituir um banco de dados das ações de educação ambiental realizadas, como
instrumento auxiliar de avaliação e planejamento.
Objetivos:
 Contribuir para a incorporação da dimensão socioambiental no projeto
político-pedagógico das unidades educacionais;
 Apresentar e divulgar os diferentes projetos desenvolvidos pelas escolas,
envolvidos na temática socioambiental e cultural, para a comunidade local;
 Propor a formação continuada para os professores do Sistema Público
Municipal de Ensino envolvendo-os na discussão e implementação das
questões de educação ambiental no âmbito da escola.
 Vivenciar o mês em que se comemora o Meio Ambiente (05 de junho), em
espaços públicos e educacionais, buscando sensibilizar a comunidade
escolar para a necessidade da construção de conhecimentos
socioambientais e valores humanitários e de cidadania, por meio da
realização de eventos educacionais (exposições, seminários, pesquisas, etc);
 Propor a formação continuada para os professores do Sistema
Público Municipal de Ensino envolvendo-os na discussão e
implementação das questões de educação ambiental no âmbito
da escola.
 Vivenciar o mês em que se comemora o Meio Ambiente (05 de
junho), em espaços públicos e educacionais, buscando
sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade da
construção de conhecimentos socioambientais e valores
humanitários e de cidadania, por meio da realização de eventos
educacionais (exposições, seminários, pesquisas, etc);
Público-alvo:

Comunidade escolar, especialmente, professores


e alunos das escolas Públicas do Sistema
Municipal de Ensino.

Período de realização
De abril à novembro de 2017
Ações:
 Divulgação do Projeto;

 Inscrições das Unidades Educacionais no Projeto por meio do preenchimento do Formulário on-line;

 Realização de atividades e/ou exposições com trabalhos das Unidades Educacionais, demonstrando que
a escola pode participar desse debate e comprovar, por meio de atividades desenvolvidas, que a sua
participação contribuirá significativamente, para a conscientização e compromisso com o meio ambiente;

 Registro do trabalho da Unidade Educacional por meio de vídeos ou fotos;

 Envio do registro (fotos ou vídeos) com um breve relato da atividade realizada na Unidade Educacional;

 Publicação e registros das atividades realizadas durante o projeto nos blogs das escolas, da
E/SUBE/CED/GPEC e no RioEduca;

 Publicação no "Informativo Ambiente em Rede”. Este Informativo é produzido pela equipe da


E/SUBE/CED/GPEC, e conta com matérias dos projetos e relatos de experiências desenvolvidas nas
escolas encaminhadas por meio do endereço eletrônico extensividade@rioeduca.net ;

 Participação das Unidades Educacionais envolvida no Projeto no II Seminário de Boas Práticas em


Educação Ambiental;
E.M. FLORIANO DE BRITO 9.ª CRE