You are on page 1of 2

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: JUSINEIDE BARRETO DOS SANTOS E


VANUSIA SANTANA DA SILVA
NÚCLEO I

As 10 melhores brincadeiras juninas. É divertido demais, sô!

É tempo de reverenciamos São Pedro, Santo Antônio e, especialmente, São João, o


santo festeiro! A festa junina – ou joanina, nome original, trazido pelos colonizadores
portugueses, em homenagem ao santo – é um dos símbolos da cultura brasileira.
Festa que se preze tem que ter fogueira, bandeirinhas, quadrilha, uma boa comilança
e, claro, brincadeiras!

1
Corrida do saco
Na famosa corrida do saco, os participantes pulam dentro de sacos de estopa (de
cebola ou de batata) até a linha de chegada. Se não tiver estopa, sacos de lixo,
daqueles bem grandes e resistentes, também funcionam. Quem atingir a reta final
primeiro é o vencedor. A brincadeira vale para todas as idades. Para ficar mais
engraçada, se o saco for bem grande, faça a corrida em dupla.

2
Boca do palhaço
Em uma placa de madeira com aproximadamente 2 m (altura) x 1 m (largura), desenhe
o rosto de um palhaço, colando nariz, cabelos etc. No contorno da boca, faça um
buraco e enfeite seu redor. Determine uma distância mínima para os arremessos. O
desafio é acertar a boca do palhaço com uma bola pequena para ganhar o prêmio.
Todo mundo participa dessa brincadeira, então, é legal ter brindes interessantes para
todas as idades.

3
Pescaria
É uma das brincadeiras mais tradicionais da festa junina, mas, ao invés dos já
conhecidos moldes de peixe fincados na areia, a dica é montar o jogo com peixinhos
vivos, esses de aquário, em uma piscina plástica. O brinde é o próprio peixinho, que os
pequenos levam para casa. Eles adoram! Use uma rede (em forma de coador) na ponta
da vara para pescá-los.

4
Correio elegante
A diversão aqui é a troca de recadinhos entre os convidados, que podem se identificar
ou não ao dispararem frases engraçadas de amor ou de amizade. Os organizadores da
brincadeira ficam responsáveis pelo leva e traz dos bilhetes. Faça-os com cartolinas
coloridas, no tamanho aproximado de 10 x 8 cm, em forma de livrinho ou de coração.
Todos os convidados participam e as crianças acham a maior graça!
5
Bola no alvo
Em uma prateleira, organize objetos numerados que chamem a atenção dos
convidados. Por exemplo: bichos de pelúcia, bonecas, carrinhos, caixas de doces, kit de
meias. Em outra prateleira, faça placas de papel-cartão, com os mesmos números dos
objetos. A brincadeira é atirar a bola e derrubar a placa correspondente ao objeto, que
será o prêmio. Podem participar crianças e adultos. Por isso, disponibilize prêmios que
despertem interesse em todas as idades.
6
Derrubando latas
Empilhe, em uma mesa, 9 latas da seguinte forma: 4 latas na base, 3 latas na segunda
fileira, depois 2 latas e, na última camada, apenas 1 lata. Em uma distância de 3
metros, o arremessador deve derrubar as latas com uma bola de tecido (feita com
meia). Separe os brindes por níveis: se todas as latas caírem, é dado o prêmio máximo.
7
Cadeia musical
Organize um espaço que lembre uma cadeia. Se não tiver uma grade para servir de
cela, você pode fazer um cerco com cadeiras. Durante a festa, os convidados levam
amigos para a prisão. O prisioneiro só será libertado ao pedir para outro amigo – e
esse amigo aceitar – tocar ou cantar uma música que será da escolha do carcereiro.
8
Argola
Encha algumas garrafas pets com água colorida (use algumas gotinhas de anilina) e
distribua-as no chão. Quanto mais distante as garrafas estiverem dos jogadores, maior
será a dificuldade. A brincadeira da argola é desafiadora: o participante tem somente 3
tentativas para acertar o alvo. Vence quem acertar mais vezes os gargalos das garrafas.

Corrida do milho
Essa competição é feita em dupla. De um lado, uma bacia cheia de grãos de milho; do
outro, os competidores. Um integrante da dupla fica com a colher e o parceiro com um
copo descartável vazio. Quando é dada a largada, quem está com a colher corre até a
bacia, enche a colher com milho e volta correndo para preencher o copo do amigo. O
desafio é não deixar os grãos caírem no percurso, que pode ter a distância que os
jogadores quiserem. Vence o par que primeiro estiver com o copinho cheio.

10
Rabo do burro
Você pode fazer o burro com E.V.A. ou mesmo desenhá-lo em cartolina, mas sem o
rabo, que deve ser feito separadamente e colado com adesiva dupla-face. Pendure o
burrinho na parede e coloque uma venda nos olhos do participante. Rodopie-o até que
ele perca a referência das direções. Ele deve tentar, então, colocar o rabo no corpo do
burro. Ganha quem conseguir colar mais próximo do lugar certo. É gargalhada na
certa!

Related Interests