You are on page 1of 2

AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA – 1ª ETAPA

DATA: _____/_____/______
NOME: _____________________________________________________________ Nº ______ 1º COL A

1) “O cidadão é um individuo que tem consciência de seus direitos e deveres e participa ativamente
de todas as questões da sociedade. Tudo que acontece no mundo acontece comigo...” (Herbert de
Souza – Betinho) segundo a definição acima, podemos afirmar que:
a) O cidadão é o individuo que se omite frente ao debate político.
b ) A cidadania é apenas restrito aos estudiosos e políticos.
c ) O cidadão é aquele que vive em sociedade.
d ) A cidadania envolve a necessidade que as pessoas têm de participarem da vida política sempre
visando o funcionamento da sociedade.
e) Ser cidadão na atualidade envolve o desprezo pelo cenário político.

2) Segundo a Constituição Federal em seu Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção
de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Diante
desse argumento:
a) Todo brasileiro possui o mesmo padrão de vida
b) Todos somos iguais, porém na vida cotidiana esses direitos são reservados a todos.
c) A inviolabilidade dos direitos está na lei e também na prática cotidiana.
d)Todos somos iguais, porém na vida cotidiana, ou seja na prática esses direitos não são
reservados a todos.
e) Só não tem os direitos reservados quem se recusa a tê-los.

3) O filósofo grego Aristóteles (384-322 a.C.), autor de Política, afirmou que :

a) “o homem nasce para viver em sociedade”. b) “o homem nasce para viver em sozinho”
c) “o homem nasce para viver em isolado” d) “o homem nasce para viver em selvas”
e) “o homem nasce para viver em refúgios”

4) Ela acorda tarde depois de ter ido ao teatro e à dança; ela lê romances, além de desperdiçar o
tempo a olhar para a rua da sua janela ou da sua varanda; passa horas no toucador a arrumar o
seu complicado penteado; um número igual de horas praticando piano e mais outra na sua aula de
francês ou de dança. Comentário do Padre Lopes da Gama acerca dos costumes femininos [1839] apud SILVA, T. V. Z.Mulheres, cultura e
literatura brasileira. Ipotesi — Revista dos Estudos Literários, Juiz de Fora, v. 2. n. 2, 1998.

a) submissão de gênero, apoiada pela concepção patriarcal de família.


b) acesso aos produtos de beleza, decorrência da abertura dos portos.
c) ampliação do espaço de entretenimento, voltado às distintas classes sociais.
d) proteção da honra, medida pela disputa masculina em relação às damas da corte.
e) valorização do casamento cristão, respaldado pelos interesses vinculados à herança.

5) (Enem) Ninguém nasce mulher; torna-se mulher. Nenhum destino biológico, psíquico, econômico
define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização que
elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado que qualificam o feminino.
BEAUVOIR, S. O segundo sexo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.

Esse texto que teve como marca o(a)


a) ação do Poder Judiciário para criminalizar a violência sexual.
b) pressão do Poder Legislativo para impedir a dupla jornada de trabalho.
c) organização de protestos públicos para garantir a igualdade de gênero.
d) oposição induzir os casamentos homoafetivos.
e) estabelecimento de políticas governamentais para promover o homossexualismo.
6) O azul não foi sempre considerado uma "cor de menino"; nem o rosa, "de menina". De fato, até o
início do século passado, era o contrário. O rosa era a cor masculina por sua semelhança ao
vermelho e ao sangue, passando a ideia de "força". O azul, por sua vez, tinha como mensagem a
"delicadeza". Considerando esse fragmento de texto fica evidente que em nossa sociedade criou-
se um (tabu), ou seja, um (a)
a) Ideologia de cores b) Desrespeito as regras c) Tradição bicolor
d) Hierarquia de cores e) Desrespeito ao homem

7) A cultura patriarcal é aquela que diz que a diferença entre homem e mulher é sempre hierárquica.
Ou seja,:
a) A mulher é a autoridade, imposta institucionalmente sobre o homem e os filhos.
b) O homem é a autoridade, imposta institucionalmente sobre a mulher e os filhos.
c) As mulheres foram sendo caracterizadas como superiores aos homens.
d) Os homens e mulheres são iguais e nenhum é superior ao outro.
e) Os homens querem dividir o poder de decisão.

8) O fato de meninos, muitas vezes, não escolherem brincar com bonecas, não está vinculado ao fato
de não se interessarem ou de não gostarem dessas brincadeiras, e sim :
a) Porque devem ser ativos, dinâmicos, cuidador, estético, moderado, elegante e calmo.
b) Porque devem ser ativos, dinâmicos, elegantes e sensíveis.
c) Porque devem ser ativos, dinâmicos, elegantes e emotivos
d) Porque devem ser ativos, dinâmicos construtores, emotivos, finos e requintados .
e) Porque devem ser ativos, dinâmicos construtores, com aventuras e com muita ação.

9) Analise a charge abaixo e comente.

10) Existem mulheres que são uma beleza. Mas quando abrem a boca…hummm…que tristeza!
Comente essa frase.