You are on page 1of 3

DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES

DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO


2018/2019

Assunto: Visita de estudo ao Parque Industrial do Tortosendo- Covilhã


Empresas: Fitecom, SA
RW Retail,, Lda.

Exmo(a) Senhor(a) Encarregado(a) de Educação:

No âmbito do programa das disciplinas técnicas do Curso DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO:


OPERADOR DE INFORMÁTICA – CEF4
, está a ser organizada uma visita de estudo às instalações das empresas acima referidas,
que decorrerá no próximo dia 10 de maio de 2019.

Assim, vimos solicitar que nos informe sobre se autoriza o(a) seu/sua educando(a) a
participar nesta visita, para o que se agradece o preenchimento e a devolução do
destacável que se segue. Atentamente,

O(a) professor(a) Responsável:


____________________________________

………………………………………................……………………………………………………………......................
(cortar e devolver aos professores(as) responsáveis)

Eu, _______________________________________________________________________,
Encarregado(a) de Educação de
__________________________________________________, aluno(a) n.º _____, da turma
_____ do ___º ano, tomei conhecimento do programa da visita de estudo ao Parque
Industrial do Tortosendo, prevista para o próximo dia 10 de maio de 2019, e declaro
autorizar / não autorizar (riscar o que não interessa) o(a) meu (minha) educando(a) a
participar na mesma, bem como aceitar as condições expressas no regulamento da visita.

Covilhã, 6 de maio de 2019


O(A) Encarregado de Educação,

________________________________________________

1
de 3
DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES
DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO
2018/2019

PROGRAMA DA VISITA DE ESTUDO

13h30 - Concentração junto à estátua


13h45 - Partida do autocarro
14h00 - Chegada à empresa Fitecom, SA.
14h10 - Início da Visita à Fitecom, SA.
16h00 - 16h15 - Término da Visita
16h30 - Chegada à empresa RW Retail, Lda.
16h40 - Início da visita à RW Retail, Lda.
17h40 - 17h50 Término da Visita
18h15 - Chegada à Escola

Objetivos
 Contribuir para o enriquecimento cultural e social dos alunos;
 Desenvolver atitudes de sociabilidade;
 Fomentar o convívio entre alunos e professores fora do meio habitual como forma de
educar para a cidadania.
 Motivar os alunos para as seguintes áreas: Empresarial, Empreendorismo, Automação, TI
e Informática;
 Facilitar o acesso à informação, promover o interface entre o mundo profissional, a
educação formal, tendo em vista motivar e incentivar os alunos a encontrar o seu talento
e apoiar as decisões do seu futuro pessoal e profissional;
 Fomentar o interesse pela pesquisa, pela descoberta e pela inovação, face aos desafios
da sociedade do conhecimento;
 Desenvolver competências na identificação e compreensão do funcionamento e na
relação entre os componentes elétricos e eletrónicos utilizados pelos equipamentos
informáticos;
 Visualizar e compreender as práticas inerentes às normas de segurança de utilização e
reparação de equipamentos elétricos e eletrónicos;
 Detetar e verificar aplicações de circuitos em corrente alternada em equipamentos
informáticos;
 Desenvolver competências no âmbito da identificação e configuração de sistemas
operativos em servidores;
 Desenvolver competências no Equipamento Passivo, Ativo e nos equipamentos de
interligação de redes;
 Motivar os alunos para a continuação do percurso escolar no ensino superior;
 Permitir aos alunos verem a instalação de rede;
 Dar a conhecer aos alunos a importância da organização das tarefas;
 Promover responsabilidade, bem como a capacidade para trabalhar em equipa;
 Fomentar o interesse pela pesquisa, pela descoberta e pela inovação, face aos desafios
da sociedade;

2
de 3
DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES
DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO CENTRO
2018/2019

 Desenvolver competências na identificação e compreensão de técnicas de


desenvolvimento de aplicações de software quer na sua relação com o hardware de
suporte.

VISITA DE ESTUDO – PIT – Fitecom, SA. E RW RETAIL, LDA.

8 de maio de 2019
REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO

1 – É proibido o consumo e transporte de qualquer tipo de droga, tabaco ou bebida


alcoólica, bem como o uso de utensílios de natureza cortante ou perfurante.
2 – Em caso de furto, danos materiais ou qualquer ato de negligência (autocarro, locais
visitados, etc.), a responsabilidade será do(s) aluno(s) infrator(es).
3 – Em caso de mau comportamento e/ou falta de respeito para com os materiais usados,
instalações visitadas, colegas, professores ou outras pessoas, serão tomadas as devidas
providências, conforme o estipulado no Regulamento Interno da Escola.
4 – Os alunos deverão procurar não levar objetos de valor para evitar eventuais roubos.
5 – Pede-se especial atenção para a pontualidade, de forma que o programa estabelecido
possa ser cumprido.
6 – Em cada visita deverão ser cumpridas regras de civismo (silêncio, respeito pelos guias
turísticos, respeito pelos materiais, etc., bem como acatar todas as orientações,
particularmente as dispersas pelos locais a visitar).
7 – Lembra-se que o respeito pelo outro, o civismo e o espírito de entreajuda são
componentes indispensáveis ao sucesso da visita de estudo e contribuirão, decerto, para
que esta seja uma atividade gratificante para todos.

Covilhã, 6 de maio de 2019

3
de 3