You are on page 1of 9

29/01/2011

POSTO DE TRABALHO

Posto de Trabalho
Configuração física do
sistema homem-máquina-ambiente Enfoques

 É uma unidade produtiva envolvendo um homem e o


equipamento que ele utiliza para realizar o
trabalho, bem como o ambiente que o circunda.

Taylorista
 Baseia-se no estudo dos movimentos corporais
necessários para executar um trabalho e na
medida do tempo gasto em cada um desses
movimentos.

ESTUDO DE TEMPOS E MOVIMENTOS

laboratório de métodos
critérios empíricos

1
29/01/2011

3 Etapas 3 Etapas
1. Desenvolver o método preferido 2. Preparar o método padrão
a) definir o objetivo da operação;
b) descrever as diversas alternativas de métodos para Método PREFERIDO converter Método PADRÃO
se alcançar o objetivo;
c) testar essas alternativas; e
d) selecionar o método que melhor atenda ao objetivo.
ou seja, ser implantado em toda fábrica.
a) realizar uma descrição detalhada do método,
(movimentos e sequência dos mesmos);
b) fazer um desenho esquemático do posto de trabalho,
mostrando o posicionamento das peças, ferramentas e
máquinas; e
c) listar as condições ambientais (iluminação, calor, gases,
poeiras) e outros fatores que podem afetar o
desempenho.

3 Etapas Considerações
 Determinar o tempo-padrão  Esse enfoque tradicional contribuiu bastante para a
 Tempo necessário, a um operário experiente, para hegemonia da indústria norte-americana (primeira
executar o trabalho usando o método padrão, metade do século XX).
incluindo-se aí as tolerâncias de espera (por exemplo,  Hoje se admite que os seus resultados nem sempre
aguardar a máquina completar o ciclo), as ineficiências do
são os mais eficazes.
processo produtivo, e as tolerâncias para fadiga
 métodos cada vez mais simples e repetitivos.
(dependem da carga de trabalho e das condições ambientais).
a curto prazo, pode ser eficiente

Considerações Ergonômico
 depois produz excessiva fadiga localizada, além da  Tende a desenvolver postos de trabalho que
monotonia. reduzam as exigências:
 contribui para reduzir a motivação, provocando  Biomecânicas e cognitivas
absenteísmos, alta rotatividade e até doenças  procura colocar o operador em uma boa postura de
ocupacionais.
trabalho.
 Na visão atual, considera-se que esses fatores
podem ser tão fortes, a ponto de neutralizar as
vantagens proporcionadas pela racionalização do
posto de trabalho, quando se usam os princípios de
economia dos movimentos.

2
29/01/2011

Recomendações ergonômicas

Limitar os movimentos ósteo-musculares nos postos de trabalho


• Os movimentos repetitivos devem ser • Evitar tarefas repetitivas sob frio ou calor
limitados a 2000 por hora intensos
• Frequências maiores que 1 ciclo/seg • Providenciar micro-pausas de 2 a 10 seg
AS MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E prejudicam as articulações a cada 2 ou 3 min
• Eliminar as tarefas com ciclos menores a
MATERIAIS SÃO ADAPTADOS ÀS 90 seg
CARACTERÍSTICAS DO TRABALHO E
Evitar contrações estáticas da musculatura
CAPACIDADES DO TRABALHADOR • Permitir movimentações para mudanças • Usar suportes para apoiar os braços e
frequentes de postura antebraços
• Manter a cabeça na vertical • Providenciar fixações e outros tipos de
apoios mecânicos para aliviar a ação de
segurar

Recomendações ergonômicas Recomendações ergonômicas


Evitar contrações estáticas da musculatura Evitar o estresse mental
• Permitir movimentações para mudanças • Usar suportes para apoiar os braços e • Não fixar prazos ou metas de produção • Evitar competição exagerada entre os
frequentes de postura antebraços irrealistas membros do grupo
• Manter a cabeça na vertical • Providenciar fixações e outros tipos de • Evitar regulagens muito rápidas das • Evitar remunerações por produtividade
apoios mecânicos para aliviar a ação de máquinas
segurar • Evitar excesso de controles e cobranças

Promover o equilíbrio biomecânico Atuar preventivamente antes que os desconfortos transformem-se em lesões
• Alternar as tarefas altamente repetitivas • Evitar os movimentos que exijam rápida
com outras de ciclos mais longos aceleração, mudanças bruscas de direção
• Aumentar a variedade de tarefas, ou paradas repentinas TODAS AS RECOMENDAÇÕES PREVINEM DORES E
incluindo tarefas de inspeção, registros, • Evitar ações que exijam posturas LESÕES ÓSTEO-MUSCULARES NOS POSTOS DE
cargas e limpezas inadequadas, alcances exagerados ou TRABALHO
• Não usar mais de 50% do tempo no cargas superiores a 23 kg
mesmo tipo de tarefa

3
29/01/2011

Adequação do Posto de Trabalho Adequação do Posto de Trabalho


 Avaliação:  Dor
 Algo não está indo bem
 Alguns casos o organismo se adapta
 Caso contrário se não for adequadamente tratado pode
resultar em lesões permanentes
 Exemplo:
 Dorso inclinado
 Dor → 1-5 min
 Para equilibrar o corpo solicita-se a mais os músculos:
 Em torno da região do dorso
 Quadris
 Joelhos
 Tornozelos

Exemplo de dispositivo de segurança Exemplo de dispositivo de segurança


 Guarda de segurança instalada em uma prensa  Precisava levantar os ombros e "esticar" o braço para
mecânica colocar as peças na prensa, passando por cima da
guarda.
 Função: fechar-se automaticamente antes da prensa
bater - isolando as mãos das partes perigosas da  Operadores começaram a reclamar de dores.

máquina (barreira física).  Um levantamento feito com 14 operadores, após 3

 Pondo de vista ergonômico: horas de trabalho, usando-se o diagrama de áreas


dolorosas, mostrou a seguinte frequência de dores
 Exigir
uma postura forçada
localizadas:
do operador

Resultado: Diagrama de áreas dolorosas

Região Quantidade
Dorso 9
Ombro 6
Pernas 6
Braços 5
Quadris 4
Coxas 2
Pescoço 1
Total 33

4
29/01/2011

Conclusão
 Localizados 33 pontos dolorosos
 Média de 2,4 por operador
Realmente algo estava errado
Projeto do posto de trabalho
 Com os resultados:
 a guarda foi redesenhada
 aumentou-se a dimensão de sua "boca“
 o operador utilizava postura menos forçada
 diminuindo as tensões sobre o dorso e os ombros.
 PDCA
 Nova avaliação feita com o dispositivo redesenhado, as
incidências de dores musculares tinham se reduzido
praticamente à metade daquelas do desenho original.

Níveis Nível 1
 O planejamento é feito em três níveis:  Projeto do macro-espaço
 Espaço global da empresa
 Dimensões dos departamentos e áreas auxiliares
(estoques e manutenção).
 Fluxo geral de materiais (entrada da matéria-prima
até a saída dos produtos acabados)

Nível 2 Nível 3
 Projeto do micro-espaço  Projeto detalhado
 Unidade produtiva (posto de trabalho)  Interface homem-máquina-ambiente
 Inclui um trabalhador e o seu ambiente imediato,  Se projetam ou se selecionam os instrumentos de
abrangendo a máquina e equipamento que ele utiliza, informação e de controle apropriados à natureza e
bem como as condições locais de temperatura e ruídos. exigências do trabalho.

5
29/01/2011

Levantamento de dados
 Informações sobre a natureza da tarefa,
equipamento, posturas e ambiente. Análise da tarefa

Descrição da tarefa
 É a primeira etapa de projeto  Tópicos:
 Três níveis.  Objetivo

 1- descrição da tarefa  Operador

 2 - descrições das ações  Características técnicas


 3 - revisão crítica  Aplicações

 Condições operacionais
 Condições ambientais
 Condições organizacionais

Descrição das ações


 Caracterizam as ações:
 As informações referem-se às interações em nível sensorial
do homem
 Os controles, em nível motor ou das atividades musculares

 Exemplo: tarefa de dirigir


 Tipo de ação: acelerar, frear, acender luz
 Estímulo recebido: auditivo, visual, cinestésico
 Instrumento envolvido: volante, câmbio, velocímetro
 Membro envolvido: mão direita, pé esquerdo
 Condições operacionais: ruídos, vibrações
 Condições sociais: outras pessoas que viajam no carro.

6
29/01/2011

Revisão Crítica
 Tarefas altamente repetitivas:
 Ciclos < 90s Dimensionamento do posto de trabalho
 Ações estáticas

 Etapa fundamental para o bom desempenho da  Quando o arranjo envolve mesas ou bancadas, a
pessoa que ocupará este posto. correção pode ser feita de forma relativamente simples
e econômica.
 Pessoas passe várias horas ao dia, durante anos a  pode-se cortar os pés da mesa ou da cadeira, para reduzir
fio, sentada ou em pé neste posto. a altura, ou, ao contrário (calços ou estrados).
 Qualquer erro pode submetê-la a sofrimentos por  Contudo, em outros casos:
longos anos.  cabine de comando de uma locomotiva
 painel de um centro de controle operacional de um sistema
complexo
 Torna-se praticamente impossível introduzir esse tipo de
correções (custo).

ISO ABNT
 mais de 30 normas relacionadas com a ergonomia.  ABNT NBR ISO 9241 - Requisitos ergonômicos para
 ISO 6385 - Ergonomics Principles in the Design of Work o trabalho com dispositivos de interação visual
systems  ABNT NBR 10152 - Níveis de ruído para conforto
 ISO 9241- Ergonomic Requirementsfor Office Work with acústico
Visual Display Terminais
 ABNT NBR 5413 – Iluminância de interiores
 ISO 11064-1 - Ergonomic Design of Control Room
Layout

7
29/01/2011

Dimensionamentos recomendados Dimensionamentos recomendados


 Deve ser dimensionado de forma que a maioria de  As mais importantes para adaptação do posto de
seus usuários tenha uma postura confortável.
trabalho são:
 Diversos fatores devem ser considerados:
 postura adequada do corpo  Altura da superfície de trabalho;
 movimentos corporais necessários  Alcances normais e máximos das mãos;
 alcances dos movimentos
 Espaços para acomodar as pernas e realizar
 medidas antropométricas dos ocupantes do cargo
movimentações laterais do corpo;
 necessidades de iluminação
 Dimensionamento das folgas; e
 ventilação
 dimensões das máquinas, equipamentos e ferramentas  Altura para a visão e ângulo visual.
 interação com outros postos de trabalho e o ambiente
externo.

Alturas Alcances

Trabalho visual
 Na posição em pé, os olhos situam-se:
 150 cm – mulheres
 160 cm – homens
 Tarefas visuais devem situar-se abaixo disso, adotando-
se a linha visual (horizontal) como altura máxima.
 Na posição sentada, os olhos situam-se:
 73 cm – mulheres
 79 cm – homens
 Na postura sentada com o tronco ereto, preferem
visualizar objetos a 20° abaixo da linha horizontal
(traçada a partir dos olhos), com um desvio padrão de
12°.

8
29/01/2011

Ajustes individuais
 Os ajustes nos postos de trabalho visam
proporcionar uma postura flexível. Os principais
objetivos desse tipo de posto são:
 Permitirmobilidade para facilitar frequentes mudanças
de posturas.
 Exemplo: trabalho sentado ou em pé, alternadamente.
 Permitir ajustes dimensionais para acomodar as
diferenças antropométricas e preferências individuais.
 Assentos e mesas (ajuste das alturas)

Questões
 Compare os enfoques tradicional e ergonômico do
Atividades posto de trabalho.
 Quais são os aspectos mais importantes para se
fazer o dimensionamento do posto de trabalho?

Atividade EXTRA
 Analise um posto de trabalho que você usa com
frequência, por exemplo, o seu local de estudo ou FIM
mesa com computador.
 Apresente recomendações ergonômicas para a
melhoria do mesmo.