You are on page 1of 4

Atos do Apóstolo Paulo Pg 1 de 4

Paulo o Apóstolo, e suas viagens missionárias.


Perfil do Apóstolo Paulo:

Origem: Judeu de Tarso da Cilícia (Atos 22. 03)


Treinamento: Estudou com Gamaliel (Atos 22. 03); Fabricante de tendas (Atos 18.03)
Hebreu Fariseu (Filipenses 3.05); converteu-se à Cristo após o encontro no
caminho para Damasco (Atos 9. 01-08); “enche-se” do espírito Santo e foi
Religião: batizado (Atos 9. 17, 18).
Batizado com o Espírito Santo (I Coríntios 14. 05, 06).
Chamado para obra missionária (Atos 13. 01, 03)
Efetivou três viagens missionárias, fundou inúmeras igrejas na Ásia Menor,
Realizações: Grécia, e muito provavelmente na Espanha (Romanos 15.24, 28); autor de
treze escritos (cartas e epístolas).
Fim dos seus dias: Enviado a Roma após ser feito prisioneiro em Jerusalém
(Atos 21.33 e 28. 16). Conforme a tradição cristã, fora solto e empreendeu
trabalho missionário adicional. Novamente preso, agora em Roma,
decapitado fora da cidade.

Itinerário da 1ª viagem missionário do apostolo Paulo (e Barnabé):

Duração: cerca de 2 anos, de 46-48 d.C.


Atos dos Apóstolos 13. 04 à 14. 26
Nesta primeira viagem missionária, Paulo e Barnabé, saíram de Antioquia para:
Selêucia (Atos 13. 04); Chipre (Salamina e Pafos Atos 13. 5, 6);
Perge da Panfília (Atos 13. 13);
Antioquia da Psidia (Atos 13. 14); Icônio (Atos 13. 51);
Listra, Derbe (“Licaônia”) (Atos 14. 06, 08, 20),
Retorno:
Listra, Icônio, Antioquia da Pisidia (Atos 14. 21), atravessaram este território (v24);
Panfília (território v24); Perge e Atália (Atos 14. 25); Antioquia (Atos 14. 26).

Atália, parte do império Hitita de 2.500-1.400 a.C., a cidade só foi fundada no século 2º a.C., quando o rei
expansionista Attalus II de Pérgamo ordenou que seus soldados procurassem pelo paraíso, e Antália (antiga
Ataléia) foi o lugar escolhido. Antália foi mais tarde um importante porto romano. No século 12, surgiu uma nova
força nas estepes anatólias, a medida que as tribos da Ásia Central dominaram a região rapidamente. Os Seljuks
tinham o controle da região e deixaram estruturas robustas em Antália, que passaram no teste do tempo. Os
otomanos subiram ao poder em 1390.
Hoje é uma cidade da Turquia localizada no sudoeste do país, e é um porto do mar Mediterrâneo.
Tem cerca de 667 mil habitantes.

João Marcelo Pacheco 19-03-2011 Campo Grande MS


Atos do Apóstolo Paulo Pg 2 de 4

ANTIOQUIA
Gr. Antiocheia.
Aparecem no NT duas cidades com este nome.
Antioquia da Pisídia. Na verdade, esta cidade situava-se na Frígia, perto da fronteira com a Pisídia. Para a
distinguir da outra Antioquia, os historiadores chamavam-lhe, muitas vezes, “Antioquia Pisidiana”. Contudo, ainda
se nota alguma confusão na literatura antiga e moderna sobre este assunto.
Antioquia da Pisídia foi fundada por Seleuco I Nicator (301-208 AC), chamando-lhe Antioquia em homenagem ao
seu pai, Antíoco e aí instalando colonos. Após a derrota dos Seleucidas, pelos romanos em 190 AC, Antioquia
tornou-se numa cidade livre mas 150 anos depois foi dada a Amyntas, rei da Pisídia e Galácia. Quando a Galácia
passou a ser considerada uma província romana, em 25 DC, Antioquia tornou-se numa parte desse reino. Alguns
anos mais tarde, Augusto fez dela uma colónia, tendo-lhe sido acrescentado o nome de Cesareia. Estava ligada a
outras cidades coloniais da Pisídia por estradas militares, através das quais se controlava esta área. Perto da
cidade, encontrava-se um grande templo, que foi recentemente escavado e que era dedicado a Mên, o deus-lua
frígio, a quem eram atribuídos poderes curativos. Estavam-lhe adstritos inúmeros servos e propriedades. Paulo e
Barnabé pregaram nesta cidade durante a sua primeira viagem missionária e aí fundaram uma igreja cristã (At
13:14-50; 2Tm 3.11). Foram, mais tarde, expulsos da cidade mas voltaram depois, quando se dirigiam para a Síria
(At 14:21). Arundel identificou a antiga cidade (1833) como situando-se perto da cidade turca de Yalvaç. As ruínas
de Antioquia foram parcialmente escavadas e alguma da sua antiga magnificência foi, assim, recuperada.

Itinerário da 2ª viagem missionário do apostolo Paulo (e Silas):

Duração: cerca de 3 anos, de 49-52 d.C.


Escreve aos Gálatas 49 d.c., I Tessalonicenses 50-51 d.c. e II Tessalonicenses 51 d.c.

Atos dos Apóstolos 15. 39 à 18. 22


De: Antioquia (Atos 15. 35), para: “Síria e Cilícia (Atos 15. 41)”;
Derbe e Listra (Atos 16. 01), em Listra Timóteo une-se ao apóstolo; Trôade (Atos 16. 08);
Neápolis (Atos 16. 11); Filipos (Atos 16. 12), houve a primeira conversão ocidental “a srª
Lídia”;
Anfípolis e Apolônia e Tessalônica (Atos 17. 01); Beréia (Atos 17. 10); Atenas (Atos 17. 15);
Corinto (Atos 18. 01).
Retorno:
Corinto (Atos 18. 1, 18 em Cencréia ); Éfeso (Atos 18. 19);
Cesaréia, Jerusalém e Antioquia (Atos 18. 22).

João Marcelo Pacheco 19-03-2011 Campo Grande MS


Atos do Apóstolo Paulo Pg 3 de 4

Itinerário da 3ª viagem missionário do apostolo Paulo (e companheiros):

Duração: 05 anos, de 52 a 57 d.C


Escreve aos Colossenses 53-55 d.c., I Coríntios 54-55 d.c., II Coríntios 55d.c.,
Romanos 57-58 d.c.

Atos dos Apóstolos 18. 23 à 21. 17


De: Antioquia (Atos 18. 23), para:
Galácia e Frigia (Atos 18. 23) regiões de Colossos, Laudicéia e Hierápolis cl 4.13.
Éfeso (Atos 19. 01); Macedônia (Atos 20. 01 “Filipos, Neápolis”); Grécia (Atos 20.
2“Corinto”),
Retorno:
Ásia (Atos 20. 04 “Trôade, Pergamo, Esmirna, Éfeso”); Trôade (Atos 20. 05);
Filipos (Atos 20. 06); Assôs (Atos 20. 13); Mileto (Atos 20. 15); Cós, Rodes, Pátara (Atos 21.
01);
Tiro, Ptolomaida (Atos 21. 07); Cesaréia (Atos 21. 08); Jerusálem (Atos 21. 17).

Da prisão em Roma escreve:


Filemon 60 d.c., Efésios 60-62 d.c, Filipenses 61 d.c., I Timóteo 62 d.c., Tito 62-64 d.c. e II
Timóteo 68 d.c.

João Marcelo Pacheco 19-03-2011 Campo Grande MS


Atos do Apóstolo Paulo Pg 4 de 4

Ordem dos treze escritos (cartas e epístolas) do Apóstolo Paulo inseridos na bíblia:
Romanos, I Coríntios, II Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, I Tessalonicenses,
II Tessalonicenses, I Timóteo, II Timóteo, Tito, Filemon.

Ordem cronológica:
Gálatas 49 d.c.
I Tessalonicenses 50-51 d.c.
II Tessalonicenses 51d.c.
Colossensses 53-55 d.c.
I Coríntios 54-55 d.c.
II Coríntios 55 d.c.
Romanos 57-58 d.c.
Filemon 60 d.c.
Efésios 60-62 d.c.
Filipenses 61 d.c.
I Timóteo 62-64 d.c.
Tito 62-64 d.c.
II Timóteo 68 d.c.

Bibliografia:
João Marcelo Pacheco
Salvo e crente na bendita pessoa do Senhor Jesus Cristo (Rm 10.9 – II Tm 1.8, 9, 10)
Membro do Corpo de Cristo (Rm 7.4 – I Cor 12.27)
Filiado a Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Campo Grande MS (Hb 10. 24)
Professor de E.B.D.
Leitor da Bíblia Sagrada (ITm 4,13)
Curso teológico realizado na: ETADECMAT
Fontes consultadas:
Bíblia Sagrada 3.2
Bíblia Sagrada de estudo de Genebra
Enciclopédia ilustrada da bíblia (atlas da bíblia)

João Marcelo Pacheco 19-03-2011 Campo Grande MS