You are on page 1of 2

Parte 1 – Mecânica

Aula 22. Movimento Circular Uniforme (I) Esta intensidade corresponde ao módulo do vetor
1. Período e freqüência velocidade . Por este vetor ser tangente à trajetória
Quando um movimento uniforme é realizado ao longo de circular, a velocidade linear também pode receber o nome
uma trajetória circular, o movimento torna-se repetitivo, de velocidade tangencial.
isto é, o móvel passará por uma mesma posição e com a
mesma velocidade em intervalos de tempo iguais. 3. Rolamento Uniforme
Consideremos uma roda de raio R que rola sem
escorregar em uma pista horizontal. Supondo que ocorra
um rolamento uniforme, podemos obter a rapidez com
que o centro da roda translada em função do período (T)
ou da freqüência (f) de rotação da roda.
Quando a roda completa uma volta, ou seja, num período
(T) de rotação, todos os pontos da periferia da roda
acabam tocando a pista. Dessa forma, o centro (c) da
roda percorre o equivalente ao perímetro externo da roda
(2 R).
O período (T) de um movimento repetitivo é o intervalo de
tempo necessário para o móvel completar um ciclo. Para
um corpo em movimento circular uniforme (MCU), o
período representa a duração de uma volta. No Sistema
Internacional, o período é medido em segundos (s).
A freqüência (f) de um movimento periódico é o número
de vezes que o fenômeno se repete na unidade de tempo.
Para um MCU, a freqüência pode ser definida como o
número de voltas (n) realizadas em um certo intervalo de Em decorrência disso, a velocidade de translação do
tempo ( t), ou seja: centro (c) da roda vale:

A freqüência pode ser expressa em rotações por minuto ou


(rpm) ou em rotações por segundo (rps). No SI, a Normalmente, o velocímetro de um carro detecta o
unidade de freqüência é rps que recebe o nome de hertz módulo da velocidade escalar desenvolvida por ele na
(Hz), isto é: pista pela freqüência de rotação de uma das rodas do
carro. Conhecendo-se o raio da roda (R), pode-se calibrar
o velocímetro pela expressão: = 2 R · f.
De acordo com as definições acima, podemos estabelecer
a relação fundamental entre período e freqüência.
Resumo
Período e freqüência

2. Velocidade Linear
Procuramos denominar a velocidade escalar constante de
um MCU de velocidade linear, pois trata-se da rapidez Velocidade Linear
do móvel ao longo da linha circular que ele percorre. Sua
intensidade pode ser obtida em função do período ou da
freqüência do movimento, como indica o desenvolvimento
ou
abaixo.
Rolamento Uniforme

Logo: ou

Paulo Victor Araujo Lopes 1


Parte 1 – Mecânica

Exercícios Resolvidos 03. Uma criança pedala seu velocípede com uma
01. Uma pessoa está em uma roda-gigante que tem raio freqüência de 0,50 Hz. A roda maior, solidária ao pedal,
de 5,0 m e gira em rotação uniforme. A pessoa passa pelo possui raio de 20 cm e as rodinhas raseiras têm raios de
10 cm. Supondo que as rodas não escorreguem no piso,
ponto mais próximo do chão a cada 20 segundos.
responda às perguntas abaixo.
Adotando = 3, determine:
a) a freqüência do movimento da pessoa em rpm e em
hertz (Hz);
b) a velocidade linear da pessoa.

Resolução
a) Como o período do movimento vale 20 s ou (1/3) min,
vem:

b)

02. Um carro trafega numa estrada retilínea com


velocidade escalar constante de 108 km/h. A figura a a) Qual o módulo da velocidade de tráfego da criança
seguir ilustra uma de suas rodas, cujo raio mede 25 cm, e com seu velocípede?
a posição de dois pontos A e B da periferia da roda, num b) Qual a freqüência das rodas traseiras?
certo instante. Resolução
a) A freqüência com que a criança pedala é a freqüência
de giro que ela impõe à roda dianteira (D). Logo, usando o
raio e a freqüência dessa roda, temos:

b) A velocidade de translação do velocípede está


Considerando = 3, calcule: associada às freqüências de suas rodas dianteira (D) e
a) a freqüência de rotação da roda; traseira (T) pela relação:
b) as velocidades dos pontos A e B, em relação à pista.
Resolução

a) R = 0,25m

30 = 2 · 3 · 0,25 · f
b) Os pontos A e B tanto rotacionam em torno do centro
da roda quanto são arrastados pela translação da roda.
Compondo-se esses dois movimentos (rotação +
translação), temos:

Paulo Victor Araujo Lopes 2