You are on page 1of 26

Conversando sobre Negócios no Turismo Rural

para viver um Turismo de experiências

7ª. FEIRATUR – 13 e 14 de agosto de


2010 - Valéria Barros
Diferença Conceitual entre Turistas e
Viajantes

* Viajante
• Conhecimento relativizado da cultura local
• Imersão, vivência, experiência, qualidade
• Autenticidade dos lugares e culturas, realidade da população
local, cotidiano

•Turista
• Visão estereotipada da cultura local
• Distanciamento, registro fotográfico, quantidade
• Consumo dos pontos turísticos e das culturas “para turista ver”

Fonte :
John Urry, “O olhar do Turista. Lazer e Viagens nas Sociedades
Contemporâneas”
Estudo qualitativo sobre Comportamentos
de Consumo e expêriencias memoráveis-
2009 - Griphon

•Idade entre 35 e 50 anos


• Classe social A ou B
• Nível superior
• Ter hábito de viajar a lazer pelo
menos uma vez por ano
• Ter viajado para fora do Estado
de origem nos últimos 6 meses
• Objetivo principal da viagem não
estar atrelado a descanso – Heavy
Users
•Mercados emissores – SP/POA/BSB
Estudo qualitativo sobre Comportamentos
de Consumo e expêriencias memoráveis-
2009 - IMB /MTUR/Sebrrae

Turistas ou viajantes?
São Paulo
* Predominância de “viajantes”
• Interação com os nativos
• Construção de vínculos com lugares e pessoas
• Valorização do conhecimento de informantes
locais
• Valorização de lugares “não-turísticos”

* “Cosmopolitas”
• Colecionadores de culturas
• Relativização de seus costumes e valores
• Rápida adaptação à cultura local
Identidade e Comportamentos de Consumo
Motivações

São Paulo
* Viajam para:
• “Desligar de tudo” = Sair da estrutura
• “Conhecer lugares” = Ampliar universo
• “Conhecer outras culturas” = Aprender, crescer
• “Adquirir ‘Cultura’” = Erudição (história, artes, teatro,
etc.)
• “Aproveitar ao máximo” = Diversão (“night”)
• “Tirar férias dos filhos” = Cuidar de si
• “Mostrar para os filhos” = Passar o legado
• “Ter aventuras”, praticar esportes = Explorar
Para viver uma
Experiência
“diferente”
é preciso ter um
olhar diferente
O que são Experiências Memoráveis ?
São Paulo
• Retorno ao passado:
– Fazer vinho “como os italianos faziam” em Bento
Gonçalves
– Estar onde os grandes filósofos estiveram (Partenon,
Grécia)
– Mistério e retorno ao passado em Vinhedos/SP
– Aula de história em Minas Gerais

• Exotização do diferente e aprendizado cultural


(relativização):
– Lição de vida do Ermitão de Garopaba
– Tourada na Espanha
– Simplicidade e familiaridade do cotidiano na Rocinha
(comércio, artesanato, escola...)
– Boi Bumbá, no nordeste
Experiências Memoráveis

São Paulo
• Participação ativa na cultura (autenticidade):
– Aprender a fazer chocolate em Gramado
– Visitar vinícolas e depois fazer vinho em Bento Gonçalves
– Dançar e beber com ciganos em São Tomé das Letras

• Curtas “escapadas” para o interior do próprio estado:


– Turismo rural em Gomeral com noite em Campos do Jordão
– Montanhas em Guaraparema
– Conhecimento da própria história em Serra Azul
Refletindo com empreendedores Rurais

Meu negócio tem produtos


“diferenciados” para atrair turistas?
Como ele está posicionado no
Mercado?
Há perfil claro de público que desejo
alcançar?
Refletindo com empreendedores rurais

 Há capacitação
Adequada?
 Parcerias locais
Estabelecidas ?
 A comunidade está
envolvida ?
COMUNIDADE...
Hospitalidade Diversidade
Receptividade
Investimento
Criatividade
Confiança
Interesse
Alegria Riqueza
Envolvimento
Generosidade
Empreendedorismo
Vários são os Caminhos...

 Investimento no Turismo Receptivo


Atender as expectativas dos indivíduos
que adquiriram o produto turístico
Estimular
competências e
habilidades para o
planejamento,
organização e
desenvolvimento de
novas atividades locais
Comidas,
Bebidas,
Tematização
Mimos
Valorização de tradições,
hábitos, elementos culturais do
Lugar
Desenvolvendo Destinos

A venda de produtos
com a “cara local”
Desenvolvimento de Destinos

A importância da cadeia produtiva do turismo


local, como fonte de trabalho, renda ,
integração e desenvolvimento do destino.
Tantos desafios ...
Fortalecer roteiros regionais
Integrados;
Marcas culturais Territoriais;
Consolidar os segmentos prioritários
Escolhidos;
Integrar gastronomia, artesania e
identidadecultural do Roteiro;
Implementação de práticas da economia da
Experiência e Redes Empresariais ;
Crescente diversificação da oferta turística.
Fortalecer a GOVERNANÇA
Muito
agradecida !
Valeria.barros@sebrae.com.br
61 33487209